Beatles digital

Estadão

18 de novembro de 2010 | 16h13

Os Beatles finalmente estão entrando na internet. A Apple afirmou nesta terça, 16, que vai vender as músicas em formato digital da banda de John Lennon, Paul McCartney, George Harrisson e Ringo Starr. Até então, as canções do quarteto britânico formada em 1960 não tinham versões digitais oficiais à venda na loja da Apple, a iTunes, ou outros serviços parecidos.

—-
Siga o ‘Link’ no Twitter e no Facebook

A gravadora Apple Corps., que cuida dos direitos autorais da banda, havia resistido ao formato digital até agora. A situação era ainda mais complicada por causa da disputa com a Apple Inc, a fabricante, pode causa da marca. Ambas empresas chegaram a um acordo em 2007 para usar tanto o nome quanto o logotipo de uma maçã, pareceira que, para analistas, abriu caminho para a venda de músicas na internet.

Até então, fãs dos Beatles precisavam copiar as músicas a partir de um CD para poder escutá-las em seus iPods e tocadores MP3 — ou copiar os arquivos de um terceiro, ainda que de forma ilegal.

A loja de música da Apple  iTunes Store, disponível apenas em 25 países (o Brasil não está entre eles) venderá todos os 13 álbuns de estúdio dos Beatles e mais uma coletânea em dois volumes. Um box especial para a iTunes também inclui a filmagem do primeiro show dos Beatles nos EUA, em 1964. Cada álbum é vendido por US$ 12,99 (cerca de R$ 22,47), e as músicas individuais por US$ 1,29 (R$ 2,23). Os álbuns duplos custam US$ 19,99 (R$ 34,58).  O box especial, que inclui todos os álbuns e o vídeo do show, sai por US$ 149 (R$ 257,77).

  COM ASSOCIATED PRESS

Tudo o que sabemos sobre:

BeatlesJohn LennonPaul McCartney

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: