As raridades maravilhosas das caridades de Roger Daltrey

Estadão

07 de maio de 2011 | 08h10

Marcelo Moreira

O senhor Roger Daltrey, um perfeito cavalheiro inglês de 66 anos de que de vez quando assume o microfone do Who de forma ensandecida, é considerado, ao lado do companheiro de banda Pete Townshend, mágico guitarrista, como um dos dez artistas do mundo que mais se dedicam a projetos sociais e ao trabalho de apoio a entidades filantrópicas.

Ele não só apoia, trabalha mesmo como voluntário, e sai a campo em busca de recursos e doações, além de se apresentar com frequência, seja como artista solo ou com o Who, em shows com renda totalmente revertida para entidades de assistência.

Ele é o patrono da Teenage Cancer Trust (TCT), grupo briutânico que auxilia crianças com câncer na Inglaterra, além de financiar pesquisas sobre a doença. “The Who & Friends: Concerts For Teenage Cancer Trust“, por exemplo, é um DVD licenciado pela marca da entidade e que está à venda em lojas virtuais e na Galeria do Rock, em São Paulo. Mostra um minifestival realizado em 2008 em Londres, tendo o Who como anfitrião recebendo artistas como Noel Gallagher (ex-Oasis), Judas Priest e The Cure, entre outros.

Já Gallagher disponibilizou pela Amazon.com, gigante loja virtual norte-americana, “The Butterfly Collector – The Dreams We Have as Children – Live at the Albert Hall”, um CD semi-acústico gravado em prol da Teenage Cancer Trust.

Mais ativo do que nunca, vovô Daltrey – seis filhos, dez netos – estuda lançar em DVD uma raridade de suas andanças por palcos em prol das entidades asisstenciais. Em 2003 ele juntou um elenco estelar de amigos para uma apresentação de gala no Ronnie Scott’s Jazz Club, de Londres, hoje uma das casas de show de porte médio mais famosas do mundo.

A banda estelar que tocou com Daltrey (de azul, agachado) em 19 de outubro de 2003, no Ronnie Scott's, de Londres

Com casa absolutamente lotada, Daltrey liderou a megabanda na execução de músicas do Who e clássicos do rock, tudo com renda revertida para a TCT.

Acompanharam o vocalista os guitarristas Gary Moore (ex-Thin Lizzy) e Simon Townshend (irmão de Pete e músico de apoio do próprio Who), do tecladista Gary Brooker (Procol Harum), do baixista Greg Lake (Emerson, Lake and Palmer), Richard Desmond na bateria, Zoot Money nos teclados e a cantora pop Sam Brown nos vocais de apoio.

O show é uma maravilha, em tom descontraído de boteco e com todos os músicos realmente curtindo a brincadeira séria. As piadas entre Daltrey e Moore dão tom do clima. Tudo isso hoje pode ser visto em cinco vídeos no YouTube, com qualidade ótima de som e e nem tão boa de imagem. Está esperando o que para lançar essa maravilha, Mr. Daltrey?

P.S.: O Ronnie Scott’s também foi palco de uma memorável jam session dos membros do Dream Theater com músicos do Marillion, do Yes, do Canibal Corpse e muitos outros. Um pedaço deste show pode ser conferido no EP “A Change of Seasons”, lançado em 1996, com a música-título, com seus 25 minutos de duração, e quatro extensos medleys com versões para clássicos do rock. As participações dos convidados ainda permanecem inéditas em CD e DVD.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.