Após hiato de 5 anos, Prong lança novo álbum

Estadão

11 de maio de 2012 | 17h00

 Flávio Leonel – Roque Reverso *

 

Boa banda de thrash metal criada no final da década de 80, o Prong rompeu um hiato de 5 anos e lançou no dia 24 de abril seu mais novo álbum, via Long Branch Records/SPV. “Carved Into Stone” tem 11 músicas e foi produzido por Steve Evetts, que já trabalhou com o Sepultura e o Symphony X, entre outros grupos do rock pesado. A arte da capa foi elaborada por Vance Kelly, que já fez trabalhos para o Down.

Quem se lembra do Prong, sabe muito bem que o álbum ”Beg to Differ”, de 1990, é item obrigatório para qualquer fã que aprecia um thrash metal feito com grande técnica e qualidade. Responsável por firmar o nome da banda no cenário do metal, o disco citado traz uma das melhores sequências de músicas pesadas do thrash em um único álbum.

Agora, com “Carved Into Stone”, a avaliação da imprensa roqueira internacional foi de que o novo disco do Prong é um grande candidato a entrar na lista dos melhores do heavy metal na década. De fato, só de escutar a primeira faixa, “Eternal Heat“, a sensação é de algo de grande qualidade e peso que lembra os bons tempos do grupo norte-americano.

A formação da banda atualmente não é a mesma clássica dos anos 80, mas o guitarrista e vocalista Tommy Victor, que sempre foi o líder do grupo, está lá, mantendo a grande qualidade que fez com que ele integrasse grandes nomes do metal, como o Danzig e o Ministry. Completam o trio, o baterista Alexei Rodriguez e o baixista Tony Campos.

O primeiro vídeo do novo álbum é da música “Revenge … Best Served Cold”, a quarta da lista. Veja abaixo a relação de faixas do novo álbum e o novo clipe do Prong.

1 – Eternal Heat
2 – Keep On Living In Pain
3 – Ammunition
4 – Revenge … Best Served Cold
5 – State of Rebellion
6 – Put Myself to Sleep
7 – List of Grievances
8 – Carved Into Stone
9 – Subtract
10 – Path of Least Resistance
11 – Reinvestigate

* Flávio Leonel é jornalista da Agência Estadop e editor do ótimo blog Roque Reverso.

Tudo o que sabemos sobre:

Prong

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.