Anni Piper e Ana Popovic, mais duas feras do blues

Estadão

05 de setembro de 2010 | 08h32

Marcelo Moreira

O interesse pelo blues cresce entre as mulheres, que surgem cada vez mais inspiradas como instrumentistas e cantoras de qualildade. Já comentei aqui sobre a australiana Tal Wilkenfeld, baixista de 23 anos que já tocou com Jeff Beck, e Desirée Basset, guitarrista norte-americana de 17 anos de transita pelo hard rock.

anni piper

A sensação do momento estre os blueseiros é outra australiana, Anni Piper, que divulga seu novo CD, “Chasin’ the Tail”, recém-lançado. Baixista e fanática por Stevie Ray Vaughan – e pelo baixista da Double Trouble, Tommy Shannon -, também canta e consegue adicionar um timbe “gordo” e bem definido a sua música.

popvic

Outra garota-prodígio, começou tocando guitarra aos 12 anos de idade, mudando para o baixo aos 14. Aos 19 anos já era bacharel em música por uma universidade australiana, e gravou seu primeiro CD em 1004, “Jailbait”.

Ana Popovic é sérvia e já tem mais de dez anos de estrada pela Europa. Aos 34 anos de idade, tem uma pegada e uma voz que lembram Bonnie Raitt, só que mais pesada e mais roqueira. Seu mais recente CD é “Blind for Love”, do ano passado, mas quem puder corras atrás de “Live in Amsterdam”, de 2005, que resume bem o que é o som da bela guitarrista.

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

Aproveite e ouça o programa-podcast Combate Rock nº 2, produzido pela equipe do blog Combate Rock, que analisa e reverencia a trajetória do guitarrista Jimi Hendrix, que morreu há 40 anos.

Combate Rock nº 2 – Jimi Hendrix by mmoreirasp

Tudo o que sabemos sobre:

Ana PopovicAnni PiperStevie Ray Vaughan

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.