A usina do blues Joe Bonamassa anuncia shows no Brasil

Estadão

10 Maio 2012 | 06h48

Marcelo Moreira

O grande nome do blues rock da atualidade decidiu dar uma paradinha em seus diversos projetos para mostrar sua altíssima qualidade no Brasil. Joe Bonamassa, o legítimo seguidor de Jeff Healey e Stevie Ray Vaughan no século XXI, anunciou duas apresentações no Rio de Janeiro e em São Paulo no fim de maio e começo de junho.

Exímio instrumentista e fanático pelo trabalho, o guitarrista norte-americano começou a chamar a atenção aos 15 anos ao descobrir um timbre de guitarra que o diferenciou – e distanciou – imediatamente dos concorrentes. Era para ser apenas mais um imitador de Stevie Ray Vaughan, mas o peso de sua pegada e a paixão pelo hard rock impulsionaram rapidamente a sua carreira.

Ele não se contenta com sua carreira solo apenas. Está sempre em turnê, dentro do estúdio ou procurando algum parceiro para compor, gravar e, principalmente, se divertir.

“Workaholic? Não, apenas gosto de tocar. Não gosto de desperdiçar tempo jogando golfe ou olhando a paisagem em uma fazenda qualquer. Tempo é música”, disse Bonamassa antes de um show histórico em Nova York, no ano passado.

Nos últimos dois anos foram simplesmente seis lançamentos com o nome do músico ou com a sua participação. Na carreira solo, lançou o excelente “Black Rock” em 2010, o melhor ainda “Dust Bowl” no começo de 2011 e o não menos excelente “Don’t Explain” em agosto do mesmo ano, em parceria com a cantora de pop/blues Beth Hart revisitando clássicos do jazz, do próprio blues e da música gospel.

Enquanto gravava alucinadamente seus dois álbuns solo mais recentes conheceu o mestre Glenn Hughes, baixista e vocalista inglês que passou simplesmente por Deep Purple e Black Sabbath, além de participar de álbuns de Tony Iommi (Black Sabbath) e de muitos outros projetos. A identificação foi imediata, com o baixista participando dos dois álbuns solo do guitarrista norte-americano.

A parceria foi mais além e Hughes o convenceu a montar uma banda de hard rock com pegada dos anos 70, mesclando Led Zeppelin (uma paixão de Bonamassa), blues pesado à la Humble Pie e soul music e funk bem ao gosto de Glenn Hughes. Nascia o Black Country Communion, um supergrupo que conta ainda com Jason Bonham na bateria (filho da lenda John Bonham, do Led Zeppelin) e do tecladista Derek Sherinian (ex-Dream Theater), que gravou dois álbuns entre 2010 e 2011. O sexto lançamento, em abril deste ano, é “Live at the Beacon Theatre”, em CD e DVD.

“É impossível deter Joe. Ele não para e nunca sabemos por onde anda e o que ele está fazendo. Não sei como ele conseguiu buracos na sua agenda para gravar dois CDs conosco e fazer duas turnês”, disse no começo deste ano Hughes à revista inglesa Mojo, em tom de queixa, a respeito da carreira alucinada de Bonamassa.

O baixista ficou decepcionado porque esperava fazer uma grande turnê europeia e sul-americana com o Black country Communion em 2012, projeto frustrado por conta da turnê de Bonamassa pelos Estados Unidos e pela Europa.

Para os dois shows brasileiros ele deverá basear seu repertório em “Black Rock” e “Dust Bowl”, além de alguns hits de sua carreira, como “Mountain Time”, “A New Day Yesterday”, “Sloe Gin” e “Hard to Cry Today”. Provavelmente ficarão de fora as faixas de “Don’t Explain”, pela impossibilidade da presença da magnífica Beth Hart.

A passagem pelo Brasil tem o suporte da gravadora Som Livre, que fez um grande bem ao consumidor brasileiro ao lançar em versões nacionais em dezembro passado quatro álbuns e um DVD com a presença do guitarrista – “Dust Bowl”, “Live at the Royal Albert Hall (CD e DVD), “Black Country Communion” e “Black Country Communion 2”. Desde já os shows são candidatos e eventos musicais do ano no país.

Serviço:

Rio de Janeiro

Vivo Rio: Dia 31 de maio, às 21h30
 Horário de abertura: 19h30
Horário de início do show: 21h30
Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo
Telefone: 2272 2901
Classificação etária: 16 anos
Capacidade: 2.000

São Paulo

HSBC São Paulo: Dia 2 de junho de 2012, sábado, 22h
 Local: HSBC BRASIL
Rua Bragança Paulista, 1281 – Chácara Santo Antonio
Horário de início do show: 22h
Abertura da casa: 20h