A bela e singela homenagem de Tony Iommi a Dio

Estadão

16 de maio de 2012 | 16h00

Marcelo Moreira

Na data que marca os dois anos da morte do cantor ronnie James Dio – 16 de abril -, a maior das homenagens veio de forma singela, mas carregada de simbolismo. Tony Iommi, guitarrista do Black Sabbath, e ex-companheiro de Dio em uma das formações da banda, colocou uma mensagem terna em sua página no Facebook:

“I’ve been thinking of you old friend while dealing with my own health issues over the last 6 months and remembering the good times – Tony” – Eu tenho pensado em você velho amigo ao mesmo tempo que lido com meus próprios problemas de saúde nos últimos 6 meses e lembrando os bons tempos – Tony

Iommi está se recuperando do tratamento contra um câncer linfático descoberto no final do ano passado. Segundo declarações do guitarrista ao jornal inglês Birmingham Post no mês passado, os médicos afirmaram que o tratamento está dando resultado e se mostraram otimistas em relação à recuperação do músico.
 
Dio morreu em Los Angeles em 2010 após quase um ano de lura contra um câncer no estômago. O tratamento rigoroso da doença interrompeu os planos do Heaven and Hell – banda que reuniu a formação do Black Sabbath entre os anos de 1980 e 1983 e também em 1992 -, que planejava iniciar as gravações de novo álbum no segundo semestre de 201o, além de mais uma turnê mundial.
 
O tratamento de Iommi segue firme, mas ele confirmou que participará de três shows do Black Sabbath entre junho e agosto e que continua compondo e gravando para um novo CD da banda com músicas inéditas, o primeiro em 34 anos juntando ele, Ozzy Osbourne (vocais) e Geezer Butler (baixo).
 
Bill Ward, o baterista, inforou ontem , por meio de um comunicado à imprensa, que defitinivamente está fora da reunião da formação original devido a divergências contratuais para a realização do projeto. O baterista no estúdio e nos três shows agendados deverá ser Tommy Clufetos, que atualmente toca na banda solo de Ozzy Osbourne.
 

Tudo o que sabemos sobre:

Black SabbathDioTony Iommi

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.