Vida pré-You Tube

Estadão

22 de abril de 2010 | 19h05

Hoje, se você pensa em ver um vídeo, quase instantaneamente pensa no You Tube (ou seja, pensa em vê-lo na internet). O famoso site completou cinco anos não faz muito tempo. Em tempos mais remotos da internet (diga-se: em 2000), disponibilizar o acesso a um vídeo em um site era algo que fazia os programadores quebrarem a cabeça. Foi assim que surgiu o Fluxus, Festival Internacional de Cinema na Internet, que completa 10 anos e começa amanhã no Museu da Imagem e do Som.

fluxus01
Coma Cachorro Gato Rato – clique para assistir

Quando surgiu, em 2000, o Fluxus se chamava Brasil Digital. A ideia era juntar em um site filmes de curta duração, como uma mostra virtual. Na época, era algo bastante avançado, mal havia plugins para tal fim e os grandes portais existentes eram pouquíssimos. Deu certo, e os organizadores decidiram ampliar sua abrangência: a partir de 2003, filmes estrangeiros passaram a ser aceitos – afinal, sendo um festival digital, não fazia sentido a restrição de países.

fluxus02
Diário de Viagem – clique para assistir

Mas com o surgimento do You Tube, em 2005, muitos hábitos mudaram. “A internet hoje é um grande lugar para assistir a filmes de um modo geral”, diz a crítica de cinema Francesca Azzi, uma das curadoras da mostra. Ainda assim, ela ressalta o papel da curadoria do evento: “No You Tube tem muita porcaria, muito filme caseiro, amador. É difícil para você encontrar coisas realmente interessantes. No Fluxus, tudo já está escolhido.”

fluxus03
Estado Inexistente – clique para assistir

E a seleção é criteriosa. Neste ano, foram inscritos 1.200 filmes. Desses, apenas 40 foram selecionados. São considerados fatores como o experimentalismo da obra – filmes publicitários não entram, mas é comum entrar videoclipes.

fluxus04
Sopro – clique para assistir

Para comemorar os 10 anos do evento, o Fluxus terá também uma plataforma fora da internet, no MIS. O público poderá ver todos os filmes em um dia só ou mesmo ver um pedaço de cada um. “Isso dialoga mais com o universo web, a ideia de tirar o filme do cinema”, explica Francesca. “Você vai poder comentar o que está vendo com o amigo do lado, como em uma exposição.”

fluxus05
Ce Que Je Suis – clique para assistir

O Fluxus, que abre hoje para o público e vai até dia 20 de junho, tem filmes com duração máxima de 20 minutos – os filmes, aliás, estão disponíveis no site (é um festival de internet, afinal). No MIS, há uma pequena retrospectiva com 12 trabalhos de edições anteriores. Os vídeos que estão neste post são da edição anterior.

Tendências: