Terra dos sentimentos

Estadão

07 de maio de 2010 | 11h38

viajo_500

Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo, de Karim Aïnouz (O Céu de Suely) e Marcelo Gomes (Cinema, Aspirinas e Urubus), é uma obra ‘audiovisual’ em sentido puro. Para os ouvidos, há a voz doce de um viajante solitário, que fala como se pensasse alto. E, para os olhos, a câmera registra as impressões que esse homem tem sobre as estradas, os postos e as noites de forró por onde passa em sua expedição.

O título curioso, no estilo frase de caminhão ou bar de beira de estrada, dá nome a um filme que é, de fato, incomum. As imagens foram feitas em super-8, vídeo e 16 mm, no sertão do país, e colecionadas desde 1999 pelos cineastas – ambos nascidos no litoral nordestino. Um geólogo (Irandhir Santos) costura a travessia. Enquanto investiga o solo para analisar a viabilidade de um desvio de canal, é inevitável que se depare com algumas pedras, consigo mesmo e com as saudades que sente da sua ‘galega’.

O lugar é seco, mas provoca mergulhos interiores. Como tudo se transforma, é importante esperar até o final da viagem. Ali, há belas cenas que valem para ilustrar a jornada que acaba de atravessar o protagonista – e, possivelmente, o espectador. (Ilana Lichtenstein)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: