Refém da paixão

Estadão

29 de outubro de 2010 | 20h24

atracao_perigosa_500.jpg

A Síndrome de Estocolmo é o nome dado por especialistas ao estado psicológico de vítimas de sequestro que se afeiçoam a seus sequestradores. O filme Atração Perigosa apresenta uma situação correlata – mas na perspectiva do criminoso, vivido por Ben Affleck, que também dirige o longa-metragem.

Ele foi capaz (acredite) de juntar perseguições de carro, assaltos a banco, humor e romance em um mesmo enredo. Atração Perigosa está sendo exibido na 34ª Mostra Internacional de Cinema, mas estreia no circuito convencional hoje (29). Na história, Doug, líder de um grupo de assaltantes de banco de Boston, se apaixona por sua refém, a gerente Claire (Rebeca Hall, de ‘Vicky, Cristina, Barcelona’).

Após libertá-la, Doug precisa descobrir se Claire está contribuindo com a investigação do assalto, feita pelo FBI. Durante esta ‘missão’ , os dois acabam se envolvendo – sob o olhar atento de Jem, outro bandido da gangue, interpretado por Jeremy Renner (de Guerra ao Terror). Apesar do romance meio clichê, as boas cenas de ação fazem com que Ben Affleck agrade aos fãs do gênero – tanto na atuação, quanto na direção. Deixe-se sequestrar.  (Luiza Pereira)