Ideal para os mais baixos

Estadão

08 de março de 2010 | 12h00

6021497_400

A popularização das salas em formato stadium facilitou a vida de quem gosta de ir aos cinemas. Mas ainda tem gente que sofre quando alguém muito alto senta-se na cadeira da frente. É o caso da pedagoga Camila Pal, de 28 anos – a quinta convidada da série de posts ‘Meu Oscar’.

Camila mede 1,56 m  1,53 m “e meio centímetro”, ela faz questão de enfatizar. “Quando a gente é  pequenininha, isso faz uma enorme diferença”, brinca. Ela está 5 cm abaixo da média de altura das brasileiras (1m58) e passa maus bocados quando vai a um cinema sem muita inclinação. Não a convide, por exemplo, para ir ao Cine Bombril. “Lá é praticamente plano”, reclama. “Qualquer pessoa que sentar um pouco mais ereto, atrapalha. Aí, o jeito é dar uma viradinha para o lado e pegar o vãozinho entre as poltronas, sabe?”

Enquanto o Guia elege as melhores telas da cidade na edição especial Oscar das Salas de Cinema, que circulou na sexta (5), Camila tem seus próprios ‘Oscars’ para distribuir. Para outros cinéfilos com altura próxima à sua, ela recomenda: “Vá ao Shopping Metrô Boulevard Tatuapé e o UCI do Shopping Anália Franco. A inclinação é excelente, impossível não ver a tela. Depois que conheci os dois, não vou em outro”. (Dado Carvalho)