Crise de identidade

Estadão

04 de junho de 2010 | 18h00

golpista_500

Jim Carrey talvez não tenha sido a escolha mais apropriada para estrelar O Golpista do Ano. Sua interpretação dá um tom quase farsesco a uma história real – a de um pai de família que assume a homossexualidade e passa a cometer fraudes para sustentar o novo ‘estilo de vida’. Ewan McGregor e Rodrigo Santoro fazem dois de seus namorados. Mas, assim como seu protagonista, o filme também parece em busca de uma identidade. (Marcel Nadale)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.