Tryvertising

Estadão

28 de maio de 2010 | 13h14

A Sample Central será assim

A Sample Central será assim

Amostras grátis e oportunidades de testar de produtos. Isso é Tryvertising, conceito de marqueeting. A palavra em inglês é amálgama de ‘to try’ (testar) e ‘advertising’ (publicidade). No País, os publicitários João Pedro Borges e Celso Loducca junto ao Ibope, Bullet e os fundos de investimento Cales e DGF estão montando a Sample Central, uma loja-conceito onde o consumidor escolhe e leva para casa o que quiser testar. Borges falou ao Estado.

Do conceito para o business, como definimos?

É uma rede social de opiniões de consumo com espaço online e físico. Nasceu no Japão (foto à dir.) e estão franqueando. Simultâneo ao Brasil há um lançamento em Chicago. Na web a pessoa se cadastra, paga a adesão de R$ 15 por ano para participar de um programa de fidelidade. Na loja, agenda visita e escolhe produtos que interessam. Por ser um relacionamento de duas vias, a contrapartida é dar sua opinião de consumo. Produtos de alto valor agregado são experimentados na loja.

A loja não está aberta e já há 13 mil cadastrados. Como estão atacando?
Redes sociais e uma campanha viral será lançada

Para colocar produtos em teste. O que fazer?
Você compra uma prateleira por 15 dias. O espaço mais caro custa R$ 5,4 mil. E compra também o feedback de consumo. O preço é R$ 7,5 mil.