Reabriu Machu Pichu

Estadão

20 de abril de 2010 | 10h49

Ja foi ao Machu? deveria. É uma viagem escandalo – e ontem a Cidade Sagrada reabriu, depois de fechada por 66 dias, como resultado de fortes chuvas que interromperam o transporte ferroviário, seu único acesso, em 24 de janeiro. De Cuzco, onde há boa prata para comprar e as igrejas tem colorido estupendo – fique no Monastério – a Machu Pichu a viagem de trem é a mais confortável, mas… há trilhas para quem prefere um tracking. Ou… meditation. Se for até Machu Pichu, bem que vale esticar até Choquequirao, outra cidade sagrada, menos conhecida e tão ‘mara’ quanto. E, meditação, é mesmo na… Há menos cheia de turistas.

Em 48 horas dá para fazer quite a trip. Vôo para Lima, uma Cidade cosmopolita colonizada por espanhóis, cuja
maior herança é a boa culinária. Os ceviches? obviamente maravilhos, pero… atention: não em botecos de esquina. Experiência de quem foi atras dos Five Flavors, como é conhecida a comida de rua e pegou uma… virose de chorar.

Onde comer?
1. SINS OF THE SEA – cozinha limeña com vibe europeu. Seafood. O restô fica perto do amar e tem uma tenda a céu abero, a Pescados Capitales. Os nomes dos pratos são divertidos. Freudian Lust são calamares e Rockfella é um linguado super ok.
Avenida La Mar 1337; 51-1-421-8808, www.pescados-capitales.com)

2. MATSUSE – um japonês em San Isidro co-fundado por… Nobuyuki Matsuhisa. Sim, Mr Nobu.
(Manuel Bañon 260; 51-1-422-4323)

Poucas dicas? odeio comer então, aqui você sente o buzz da cidade. Lima é boemia. E arte peruana é demais. Não só a tapeçaria e prata características, que se encontra em Mercados de Miraflores. O nome diz: Olhe as Flores. Sente no Parque Kenedy e ouça os poetas. A produção de arte contemporânea é high-roller. O galerista brasileiro Edu Leme tem um belo time: Sandra Gamarra e Gabriel Acevedo.

O fotógrafo peruano Mario Testino está com exposição no Mali – e quem nunca viu, que veja. Eu acho que Mario deu uma estagnada e o Livro Ma Rio de Janeiro Testino foi na verdade uma boa chance dele ficar calado. Quem aguenta a mesma luz e aquela gente fotografada que, desculpa, nao tem muito de interessantes se pegando. Blah! O Mali é, de fato, o que vale a pena. Para ver arte popular? Museo Rafael Larco Herrera e o Museo del Oro.

Falei que Lima é boemia. Sim, mas hoje não arrisco a indicar um clube, pois tudo muda muito rápido. Miraflores seria os Jardim, a Saint Germain, o Grenwich Village de LIma. Sei que em Los Olivos tem strip clubs divertidos com as muchachas dançando em coqueiros. Bem kitsh, mas inevitavelmente fun. Isso, ah-ha, não tem erro, Nao é?

Há alguns feriados este ano, certo? nos mais longos, vale ir até Machu Pichu. Mas num curto, conhecer Lima é bem rico.

Dia 1 de junho, aliás, a Lan Peru terá voos diários, as 19h30, saindo de (Gua) São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:

LImaMachu PichuMali