‘Seo Carlão’ da Peruche será homenageado na Câmara

Estadão

01 de agosto de 2012 | 23h44

Carlos Alberto Caetano, o Seo Carlão da escola de samba Unidos do Peruche, receberá na Câmara Municipal de São Paulo o diploma de gratidão e a Medalha Anchieta pela sua trajetória de lutas e conquistas em prol da cultura afro-brasileira, e pela sua imensa contribuição ao samba paulista.

O sambista veterano é um dos últimos remanescentes do período de formação do samba no Estado de São Paulo, tendo feito parte ao lado de outros imortais sambistas e dirigentes como Innocencio Thobias da Camisa Verde e Branco, Alberto Alves da Silva, “Seo Nenê” da Vila Matilde, Deolinda Madre “Madrinha Eunice” da Escola de Samba Lavapés, Sebabastião Ubiapaba do Amaral “Pé Reachado” da Vai-Vai e fundador da Barroca Zona Sul, o ex-prefeito José Vicente de Faria Lima e o radialista Rubens de Moraes Sarmento.

Hoje, com 82 anos, Carlão é considerado um ícone do samba paulista. É um dos fundadores do Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Unidos do Peruche, que completou 56 anos de existência em 4 de janeiro de 2012.

Sua trajetória teve início em Pirapora do Bom Jesus, localizada a 54 km da capital. Filho de pais religiosos, ele acompanhava anualmente a sua família para a romaria e festa de Bom Jesus, no dia 6 de agosto. Enquanto sua mãe frequentava a igreja, todos os finais de semana, seu pai o levava para um barracão onde acontecia o jongo, que é uma forma de samba rural comum no interior, do Estado de São Paulo, Rio de Janeiro e na zona da mata mineira.

Ao longo de sua história, “Seo Carlão” participou de diversas agremiações do carnaval de rua paulistano, inclusive na Escola de Samba Lavapés, no Cambuci, até que em 1956 fundou a Unidos do Peruche, rapidamente alçada à condição de referência do carnaval da cidade.

E em reconhecimento às diversas contribuições para a cultura paulista, o vereador Chico Macena, autor do decreto que instituiu a homenagem, destaca a importância cultural promovida por ele para a sociedade paulista.“Além de ser um personagem importante da história do samba paulista, Carlão é uma reconhecida liderança na cidade. Conhecido como um griô (poeta, cantor, músico e mago africano), ele carrega consigo a sabedoria de quem muito viveu e aprendeu com os mais velhos e até hoje ensina os mais novos”.

A sessão solene acontecerá nesta sexta feira, dia 3 de agosto, e a mesa será composta por grandes nomes do samba e da cultura da cidade de São Paulo, como Luiz Sales, atual diretor de ações estratégicas da São Paulo Turismo, Moisés da Rocha, de O Samba Pede Passagem, Olímpia dos Santos Vaz (Dona Olímpia), da escola de samba Vai-Vai, Luiza de Oliveira (Dona Leli) da escola de samba Unidos do Peruche, Mário Eziquiel (Tio Mário), da escola de samba Camisa Verde e Branco, Wagner Caetano, filho do “Seo Carlão”, além do proponente da sessão, o vereador Chico Macena.

O evento acontecerá, às 18h30, do dia 3 de agosto, sexta-feira.
Salão Nobre, 8° andar
Palácio Anchieta – Câmara Municipal de São Paulo
Viaduto Jacareí, n° 100 – Bela Vista.
Próximo à estação Anhangabaú do Metrô.