Camisa Verde e Branco lança o enredo ‘Era Uma Vez Outra Vez’

Estadão

10 de julho de 2012 | 23h26

A Camisa Verde e Branco lançou no último final de semana oficialmente o enredo “2013 – Voltar a ser Criança. Era Uma Vez Outra Vez”. A programação contou com a presença da Bateria, Velha Guarda e Ala Musical da escola da Barra Funda. Também a Vai-Vai, Nenê de Vila Matilde e a Salgueiro carioca estiveram presentes no evento.

Para Ribamar Barros, presidente da entidade, o tema se refere ao fato de se voltar a todas as coisas antigas que a gente sonhava. “Passou o tempo e voltamos a ser criança e a Camisa no próximo Carnaval levará para o Anhembi em forma de realidade, Carrossel, Parque Infantil, Pião, Pipa, Visconde de Sabugosa, Emília, Narizinho (personagens do escritor Monteiro Lobato) e muitas outras surpresas serão apresentadas no andamento do desfile”. “A comunidade e o público irá perceber a criatividade e os personagens antigos que irão matar saudades e dar água na boca em todo mundo”, disse Ribamar.

Para a Velha Guarda da escola será muito complicado em materializar os personagens, mas temos uma boa afinidade com todos e tenho certeza que virão todos vestidos a caráter em cima do enredo. A sinopse já foi entregue aos compositores, a audição do samba será neste sábado, 14 de julho. E no dia 21 de julho, começará a apresentação dos sambas e a partir daí todos os sábados até a final acontecerão as eliminatórias do samba 2013 na quadra da Camisa Verde na Rua James Holland, 663 – Barra Funda na região Central de São Paulo.

SALGUEIRO CARIOCA
Carlos Cesar Bonfim, diretor de Harmonia da Escola de Samba Acadêmicos do Salgueiro, nos disse ter sido bom estar na festa do enredo da Camisa, porque se vê uma quebra de barreiras e o bairrismo que existia há muito tempo no Carnaval entre as principais cidades brasileiras. Agora as escolas estão fazendo o intercâmbio Rio-São Paulo, dias atrás recebemos em nossa quadra no Rio de Janeiro a Mocidade Alegre – Campeã Paulistana e todos os finais de semanas estamos recebendo escolas de São Paulo. Todas as vezes que nos convidam nos sentimos agraciados por estar em São Paulo comentou Cesar.

Na noitada de samba em São Paulo na quadra da Camisa Verde e Branco, a Salgueiro apresentou: Grupo de Baianas, ritmistas, passistas, intérpretes e a parte musical que são os cavacos num número de trinta componentes.

Para 2013, comentou o dirigente carioca que a Salgueiro tem um enredo em vista com o título de Fama, a direção será do Carnavalesco Renato Lage, que é o diretor de Carnaval da Vermelho e Branco do Rio de Janeiro. Com relação ao Samba, a Salgueiro na primeira semana de agosto iniciará a escolha do Samba Enredo 2013 e a 29 de julho será feita a gravação dos sambas concorrentes. A final está prevista para 11 de outubro.

O endereço da Salgueiro é Rua Silva Telles, 104 no bairro do Andaraí – próximo ao Sesc Tijuca na Rua Barão de Mesquita. Todos segundos domingos do mês acontecem as Feijoadas com pagode com valor simbólico na compra de uma Camiseta da Salgueiro. Os ensaios da Salgueiro acontecem todos os sábados. Mais informações pelo site www.salgueiro.com.br

VELHA GUARDA DA CAMISA VERDE E BRANCO
Entrevistamos o sambista Aloisio Coelho da Silva, diretor de Eventos da Velha Guarda da Camisa Verde e Branco, que nos disse sobre o calendário de atividades que está sendo preparado rumo ao Carnaval do próximo ano. Feijoada da escola no próximo dia 20 de setembro, o aniversário da Velha Guarda no dia 24 de janeiro de 2013, que será comemorado com o Baile da Velha guarda. Segundo Aloisio, 63 componentes compõe a Velha Guarda da Camisa Verde – e para fazer parte dela tem que ter 25 anos de bons serviços prestados a Camisa Verde e Branco.

O sambista que pretende entrar para a Velha Guarda deve mandar um currículo para a entidade com informações sobre os benefícios prestados, em quais as alas que saiu na Camisa e outros referenciais que o qualifiquem para poder fazer parte da Velha Guarda. As análises são feitas por um colegiado formado por veteranos sambistas que tem várias visões e interpretações quanto a aprovação do candidato a fazer parte da agremiação .

A Velha Guarda Musical é formada por sambistas que tocaram na Bateria da escola. Nelson Primo é o coordenador da Ala Musical da Camisa Verde e Branco e, segundo Aloisio, é o mais antigo componente da Velha Guarda do samba de São Paulo em ação hoje. A Ala Musical da Camisa ainda conta com outros grandes veteranos sambistas como: o Paulinho, Dadinho, Venancio, Cabeça de Navio, Santa Maria, Mário.

Hoje a Velha Guarda não é uma ala. Ela é uma entidade dentro da Camisa, então ela está automaticamente inserida dentro do enredo da escola. É um elemento participativo, tudo que a escola solicita ela está à disposição, agora é claro que se entender que algo não está legal, levamos ao conhecimento do presidente Ribamar Barros que houve e acata as decisões de acordo com os interesses da Camisa Verde e Branco, finalizou o diretor de Eventos da Velha Guarda da escola da Barra Funda.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.