Don’t you forget about me e os 30 anos do ‘Clube dos 5’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Don’t you forget about me e os 30 anos do ‘Clube dos 5’

Alexandre Ferraz Bazzan

03 de fevereiro de 2015 | 19h07

O diretor John Hughes morreu em 2009, mas deixou um legado de filmes adolescentes para uma geração de jovens que hoje já devem ter seus filhos. Produções como Mulher Nota Mil e Curtindo a Vida Adoidado ajudaram a preencher as tardes destas pessoas como nenhuma babá conseguiria. Em seu segundo trabalho em direção, Hughes criou um pequeno clássico, Clube dos Cinco (1985). A história de estudantes colegiais que pegaram o que os americanos chamam de “detenção” e o esforço deles para enganar o inspetor faz 30 anos.

Foto: Reprodução - Molly Ringwald virou a queridinha dos filmes adolescentes e a ruiva mais famosa do mundo na época

Foto: Reprodução – Molly Ringwald virou a queridinha dos filmes adolescentes e a ruiva mais famosa do mundo

Entre outras coisas, a película serviu para dar ao Simple Minds o maior hit da carreira deles. A música Don’t You (Forget About me), escrita por Keith Forsey and Steve Schiff, foi oferecida a Bryan Ferry e Billy Idol. Os dois a rejeitaram. O próprio Simple Minds não queria gravar a canção, mas foram convencidos pela gravadora. O filme foi um sucesso tão estrondoso entre os jovens, que levou o single para o primeiro lugar das paradas americanas e também de outros lugares do mundo.

Os tiozões do Simple Minds ainda tocam aqui e ali para uma plateia saudosa que fica contando os minutos para ouvir uma música que eles nem queriam cantar. Sorte nossa.

Tudo o que sabemos sobre:

Simple Minds

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.