Britânicos lançam campanha para homenagear vítimas do Bataclan, mas cantores pop devem ‘atrapalhar’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Britânicos lançam campanha para homenagear vítimas do Bataclan, mas cantores pop devem ‘atrapalhar’

Ideia é colocar música do Eagles of Death Metal no topo das paradas uma semana após os ataques

Alexandre Ferraz Bazzan

18 de novembro de 2015 | 12h52

Uma página foi criada no Facebook com o intuito de colocar a versão que o Eagles of Death Metal fez de Save a Prayer, do Duran Duran, no primeiro lugar das paradas. Existe um ranking semanal, divulgado todas as sextas-feiras, na Grã-Bretanha com as músicas mais vendidas e os fãs da banda criaram a campanha como uma forma de homenagear os 89 mortos na casa de shows Bataclan.

Josh Homme e Jesse Hughes - Foto: Reprodução

Josh Homme e Jesse Hughes – Foto: Reprodução

A mobilização foi tão grande que a canção subiu 52 posições do dia para a noite, alcançando o 40º lugar.  O vocalista Simon Le Bon, do Duran Duran, inclusive já demonstrou seu apoio. “Doaremos todos os rendimentos devidos a nós referentes a essa versão para causas úteis, pacíficas e que unam”, disse o cantor em sua conta de Twitter ao saber da articulação.

A homenagem é bonita, mas deve esbarrar em artistas como Adele e Justin Bieber. Como sabemos, a canção Hello quebrou recordes bizarros e permanece em primeiro lugar seguida de Sorry, do ex-astro mirim. Para dificultar ainda mais a vida dos fãs de Eagles of Death Metal, Adele lançou ontem uma música melhor que Hello,  When We Were Young.

Ouça abaixo o cover de Save a Prayer:

O Eagles of Death Metal é um projeto de Jesse Hughes com o vocalista do Queens of the Stone Age, Josh Homme. Geralmente Josh não viaja com a banda, como foi o caso de Paris. O atentado durante o show deles no Bataclan tirou as vidas de 89 pessoas, entre elas Nick Alexander, que comercializava o merchandising da banda.

Mais conteúdo sobre:

BataclanEagles of death metal