Após quatro compactos, Medulla prepara seu segundo disco
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Após quatro compactos, Medulla prepara seu segundo disco

Banda carioca explora oportunidades do mercado independente e conta com o público para seguir na estrada

Alexandre Ferraz Bazzan

19 de novembro de 2015 | 15h10

Nascidos em Recife e criados no Rio, os irmãos Keops e Raony trocaram a praia pelo cinza de São Paulo. Essa não é a única mudança improvável e que deu certo no Medulla. Eles lançaram um disco por uma grande gravadora e resolveram começar tudo de novo. Fizeram planos de criar uma série de compactos: AKIRA (2008 no Myspace), Talking Machine (2009 em fita cassete), Capital Erótico (2010 em play bottom, uma espécie de mp3 player) e O Homem Bom (2013 em CD).

Foto: Tinho Sousa - Reprodução

Foto: Tinho Sousa – Reprodução

Uma compilação foi lançada com música nova e a caminhada mostrou que o maior patrimônio deles são as pessoas que gostam da banda, que eles chamam de Movimento.

Geralmente, um grupo testa novas canções nos shows para evoluir as composições. Entretanto, eles evitam fazer isso, o que só aumenta a ansiedade. Recém saídos de uma grande turnê no Nordeste, eles explicam que toda vez que uma música é executada ao vivo, um registro fica na cabeça do público e dificilmente eles conseguem mudar aquilo.

No podcast, eles falam um pouco sobre isso tudo e da participação no Superstar da Rede Globo.

Outros podcasts:

Bootleg Entrevista – Stella Campos

Bootleg Entrevista – Deb and the Mentals

Bootleg Entrevista – Kid Foguete

Você pode fazer o download do podcast para ouvir no celular ou mp3 player e também assinar pelo iTunes e Stitcher para receber cada novo programa automaticamente e totalmente gratuito toda semana no seu smartphone.

Tudo o que sabemos sobre:

bootleg entrevistaMedulla

Tendências: