Cinco mix tapes ficcionais que vão derreter seu coração
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cinco mix tapes ficcionais que vão derreter seu coração

Alexandre Ferraz Bazzan

25 de novembro de 2014 | 12h45

No filme Boyhood, o personagem Mason Jr. recebe do pai, pelo aniversário de 15 anos, uma coletânea com músicas das carreiras solo dos quatro Beatles. O menino torce o nariz para o presente e diz que preferia ganhar um carro, mas quem é apaixonado pela banda de Liverpool provavelmente saiu do cinema curioso por ouvir a lista ficcional.

Ethan Hawke e Ellar Coltrane em cena do filme Boyhood

Ethan Hawke e Ellar Coltrane em cena do filme Boyhood

Acontece que essa mix tape existe. Ethan Hawke, que interpreta Mason Sênior, fez de fato um Black Album para sua filha Maya quando ele se separou da atriz Uma Thurman. No filme, o pai explica que quando se coloca o trabalho dos quatro lado a lado harmoniosamente é como se a pessoa voltasse a ouvir os Beatles.

Hoje, Paul McCartney toca 1/4 do Black Album e mais uma porção de músicas de seu antigo grupo. Ouça a seleção feita por Ethan Hawke para se preparar para o show:

 

Veja outras quatro mix tapes do cinema:

Alta Fidelidade: Rob Gordon fala sobre as regras para se criar uma boa compilação durante o filme e presenteia Laura com algumas. Entretanto, em sua lista definitiva só conseguimos ouvir I Believe de Stevie Wonder. Pensando no personagem, ele provavelmente deve ter adicionado alguma música de Solomon Burke e Marvin Gaye, mas quem pode ter certeza?

Tudo acontece em Elizabethtown: Na verdade é mais um mapa feito por Claire para que Drew pudesse fazer uma viagem de carro com as cinzas do seu pai de volta para casa. São 42 horas e 11 minutos, mas eu consegui identificar algumas dessas músicas que embalam a triste road trip:

That’s life – James Brown

Young man blues – The Who

Meet me in heaven – Johnny Cash

Learning to fly – Tom Petty

New slang – The Shins

Salvador Sanchez- Mark Kozelek

Oh what a world – Rufus Wainwright

Dark end of the street – The Flying Burrito Brothers

Let it out (let it all hang out) – The Hombres

Hard times – Eastmountainsouth

Sugar blue – Jeff Finlin

Yeah man – Eddie Hinton

Pride (in the name of love) – U2

Words – Ryan Adams

Don’t I hold you – Wheat

What are they doing in heaven today – Washington Phillips

Square one – Tom Petty

My father’s gun – Elton John

English girls approximately – Ryan Adams

Adventureland: James faz uma compilação com músicas de fossa para Em. Eles ouvem Pale Blue Eyes no carro dela, mas quando a fita aparece é possível identificar algumas das outras canções:

Maggie May – Rod Stewart and The Faces

Vienna – Billy Joel

Don’t let it bring you down – Neil Young

Old man – Neil Young

Pale blue eyes – The Velvet Underground

Guardiões da Galáxia: Peter Quill guarda em seu walkman uma fita deixada por sua mãe antes que ela morresse. A compilação não somente é incrível como seu nome(awesome mix vol. 1) como também é a ligação do protagonista com o planeta Terra e a lembrança de que ele é humano. A lista é também a trilha sonora do filme e chegou ao primeiro lugar nas paradas dos EUA.

O crítico da Rolling Stone americana, Rob Sheffield, na tentativa de descrever o amor em seu livro de memórias, diz que o amor é uma mix tape. Abaixo as músicas que aparecem no livro dele:

 

Mande você também sua compilação de músicas nos comentários ou para o meu e-mail: alexandre.bazzan@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.