As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O mar está para peixes

Jerusa Rodrigues

14 de março de 2014 | 18h10

taro.JPG

Tarô era um peixinho curioso que nasceu no mar do Japão. Um dia ouviu dizer que a ‘água da vida’  ficava ali por perto, onde ele habitava. Era uma água capaz de fornecer carinho, felicidade e paz.

Pelo menos uma vez na vida uma criatura se aventurava na jornada em busca da lenda. Quase todo mundo acabava desistindo. Mas, Tarô era curioso que só!

A história está no livro A Jornada de Tarô, escrito e ilustrado pelo monge zen-budista Dosho Saikawa. A obra bilingue (português-japonês) trata de temas como tolerância, paz e solidariedade. O lançamento será neste sábado (15), às 11h, na Livraria Cultura.

taro1.JPG

Quer saber mais sobre a história? Tudo bem,  Andi Rubinstein conta tudinho durante o lançamento. Aliás, não poderiam ser encontrado contadora melhor para a ocasião. Andi, que é de uma paz deliciosa,  normalmente leva um passarinho de pluma que adora circular entre as crianças.

E Zen, você sabe o que significa?
“Meditação ou concentração. Na China, para representar essa palavra, crou-se um ideograma com dois lados diferentes: um deles indica unidade ou outro como demonstrá-la. Zen é o estado máximo de iluminação. Estar iluminado é sentir-se como uma gota de orvalho no mar: ser parte da totalidade”.

A Jornada de Tarô, de Dosho Saikawa, Companhia das Letrinhas, R$ 34.

ONDE: Livraria Cultura. Conjunto Nacional. Av. Paulista, 2.073, 3170-4033. 
QUANDO: sáb. (15), 11h.
QUANTO: Grátis.

Tudo o que sabemos sobre:

LIVRO

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.