As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

É tempo de colher café!

Jerusa Rodrigues

07 de maio de 2014 | 14h30

Fernanda Araujo
 CAFE.jpg

Na escola, estudamos muito sobre o ciclo do café e sua importância. Mas, quantas crianças conhecem uma plantação de café? Complicado, já que em áreas urbanas não há este tipo de plantação, certo? Errado!

São Paulo tem um dos maiores cafezais urbanos do país, com 1.600 pés da planta. E nesta quinta (8/5), a partir das 9h,  ocorre a Colheita do Café, evento que marca o amadurecimento dos grãos e a temporada de colheita. É um evento simbólico, aberto ao público e com presença de autoridades do governo.

Mas, o que importa mesmo é que todas as crianças podem ver e colher os grãos na hora, como se estivessem na roça. Vale usar camisa de manga comprida, como os agricultores, para não arranhar os braços. Conhecer o processo de produção, da plantação das mudas à bebida que chega na mesa, também faz parte da diversão.     

 

 

Para saber mais, conversamos como Antonio Batista Filho, diretor do Instituto Biológico:

Há quanto tempo existe esse cafezal urbano?
Desde a década de 1950.

Qual o objetivo?
É cultural, revelando o roteiro histórico dos acontecimentos envolvendo o café e o que ele representou para o estado de São Paulo.

Como surgiu o projeto Sabor da Colheita?
Surgiu de uma sugestão do Dr. Eduardo Carvalhaes, ligado a cafeicultura, e que viu na França, em Paris, um evento que promovia a colheita da uva.

O que haverá neste edição?
Sanfoneiro, violeiro, café típico do ambiente rural, exposição de quadros e biojóias, confeccionadas a partir do grão de café.

A área nos fundos do Instituto Biológico é linda. Fora este evento, é possivel passear neste espaço?
Sim! Podem vir!
 

ONDE: Instituto Biológico. Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 1.252, V. Mariana, 3125-3160. 
QUANDO: dia 8/5, a partir das 9h.
QUANTO: Grátis.

 

DADOS: O Estado de São Paulo é o terceiro maior produtor nacional, com uma área plantada de 162.328,5 hectares e mais de 470 mil pés em produção. Em 2013 colheu 4 milhões de sacas em 2013, de acordo com levantamento realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

ATUALMENTE: As primeiras estimativas para a safra de 2014, divulgadas dia 9 de janeiro pela Conab, apontavam para uma produção nacional entre 46,5  milhões e 50,1 milhões de sacas, com previsão de colheita de 4,6 milhões de sacas em São Paulo. Entretanto, a situação climática que atingiu o cinturão produtor no Brasil, com falta de chuvas e calor intenso, poderá afetar o volume a ser colhido este ano. A Fundação Procafé estima uma perda média em torno de 18%, o que faria a produção brasileira de café ficar entre 40,09 milhões e 43,30 milhões de sacas. A Conab deve divulgar no próximo dia 15 de maio a sua segunda estimativa para a safra 2014.


Mais sobre o café e a colheita no local, segundo o Instituto Biológico:

História
O café entra no Brasil em 1727 e se espalha por vários estados, chegando ao Vale do Paraíba, São Paulo, em 1806. Em 1849, o Brasil já era o maior produtor mundial dessa cultura. No início do século 19 os grandes produtores de café, os chamados ‘Barões do Café’, exerciam grande influência política no Estado de São Paulo. Por força desse grupo econômico, que clamava por uma assistência técnica para o controle das pragas que ocorriam em seus cafezais, em 1927, para atender essa e outras demandas, foi criado o Instituto Biológico.
Na metade da década de 50, junto ao edifício sede do Instituto Biológico, foram plantados cerca de 2.500 pés de café com a finalidade de servir à pesquisa científica e, também, preservar a memória histórica da Instituição. Hoje, o cafezal ocupa uma área aproximada de 10.000 m² e possui 1.536 pés de café das variedades Mundo Novo e Catuaí. Atualmente, seu propósito maior é didático, histórico e cultural, destinando-se às pessoas que desejam conhecer uma plantação de café, sua história e outras particularidades, além dos princípios das boas práticas agrícolas.

Sabor da colheita
Desde 2006, entre os meses de maio e junho, é realizado o evento ‘Sabor da Colheita’ – ato simbólico que marca o início da colheita do café no Estado de São Paulo.

Café, esse nobre grão
Em média, cerca de 1 tonelada de grãos é colhida nesse cafezal, resultando, após seu beneficiamento, em aproximadamente 500 kg, os quais são doados ao Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo. Essa produção varia em função da bianualidade da cultura, pois o café apresenta maior produtividade em um ano e, no ano seguinte, decai a safra.

Visitas durante o ano
As visitas devem ser agendadas com antecedência.
Instituto Biológico. Av. Cons. Rodrigues Alves, 1252, Vila Mariana, São Paulo,  5087-1704.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

Antonio Batista FilhoInstituto Biológico

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: