Zazie Edições chega para repensar – e movimentar o mercado editorial
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Zazie Edições chega para repensar – e movimentar o mercado editorial

E ainda: Descaminhos experimenta o livro impresso, biografia política de Caio Prado Júnior, Wally para colorir e uma coleção juvenil para apresentar escritores clássicos

Maria Fernanda Rodrigues

13 de novembro de 2015 | 23h46

INDEPENDENTE – 1
Zazie chega para repensar – e movimentar o mercado editorial
zazie edições
São três os lemas da Zazie Edições: “Sou inteiramente otimista. Sem deixar de ser pessimista” (Drummond), “Ó, rã pequenina, não se deixe vencer!” (Issa Kobayashi) e “Não estou interessada em dinheiro, só quero ser maravilhosa” (Marilyn Monroe). Zazie é a nova invenção de Laura Erber, artista e autora de Esquilos de Pavlov, e do crítico Karl Erik Schøllhammer. A aposta será em coleções – conjuntos e recortes capazes de repensar e propor novos arranjos e visões das artes e da literatura e do que cada linguagem troca entre si, explicam. Tudo digital e grátis – com download pelo site, que será lançado dia 12, no MAM-Rio, junto com os primeiros títulos da coleção Ninguém Mais Sabe, “de livrinhos individuais de desenho seguidos de um breve comentário elaborado por cada autor/autora sobre sua prática e compreensão do desenhar”. Acima, o traço do romeno Dan Perjovischi, que estará na primeira leva da coleção. Os outros autores também deste primeiro lançamento são Zuca Sardan, Carla Gagliardi, Fernanda Lopes, Tatiana Podlubny e Luiza Leite (Brasil), Tove Storch (Dinamarca), Sebastian Diaz Morales (Argentina / Holanda) e Anne-Lise Broyer (França).

*
O título da coleção remete a verso de John Cage:
O que é um desenho?
Ninguém mais sabe
Algo
que não requer que você espere secar
enquanto você está fazendo?
Algo sobre papel?

*
Outras coleções já estão sendo organizadas. Por ora, tudo está sendo feito de forma colaborativa.

INDEPENDENTE – 2
Mudança de rumo
A Descaminhos, criada por André Caramuru Aubert para produzir apenas e-books, apresenta seu primeiro livro impresso no dia 24. Só Uma Estranha Luz Como Pensamento, romance do próprio editor, abre a catálogo tradicional da editora. Na sequência, até o Natal, deve ser lançado, nos dois formatos, Tirando a Louca do Armário, com contos inéditos de Naum Alves de Souza.
*
“Percebemos que, na cabeça das pessoas, e-book não é livro, e isto não deve mudar tão cedo”, lamenta. Quando for viável, os livros sairão nas duas versões. Se não for, só em digital. A corrida agora é para ajeitar o site e vender direto ao leitor.

NÃO FICÇÃO
Biografia política
Com 460 páginas baseadas na leitura minuciosa de centenas de documentos, muitos dos quais inéditos, Caio Prado Júnior – Uma Biografia Política deve ser lançado pela Boitempo no ano que vem. A obra de Luiz Bernardo Pericás acompanha a trajetória de um dos principais intérpretes do Brasil.

PASSATEMPO
Até o Wally

onde está wally

Se já é um desafio encontrar o Wally com sua roupa listrada nos livros que são sucesso desde o final dos anos 1980, imagine num volume repleto de contornos em preto e branco como a imagem que está acima. Onde Está Wally? – O Livro de Colorir sairá pela Martins Fontes – Selo Martins no primeiro trimestre de 2016.
*
E tem mais. Para o Natal, sai um livro de adesivos do personagem. E outros dois Onde Está Wally? estão na fila, ainda sem título em português: In Outlet Space e Across Lands.

JUVENIL
Introdução literária
A Moderna lança a coleção Na Sala de Aula, de Douglas Tufano com ilustrações de Weberson Santiago, sobre a vida e obra de escritores e o contexto histórico e artístico em que viveram. Os primeiros: Machado, Camões e Pessoa.

Veja também:
Flip vai homenagear a poeta Ana Cristina Cesar em 2016
Lygia Fagundes Telles é homenageada e diz que sua ‘luta foi heroica e desesperada’