Um Livro Por Semana: No lugar do outro (Como Curar Um Fanático, de Amós Oz)
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Um Livro Por Semana: No lugar do outro (Como Curar Um Fanático, de Amós Oz)

'Como Curar um Fanático' foi publicado pela Companhia das Letras no fim de 2015; e na Babel: Revista Pessoa e novos infantis de Henrique Rodrigues e Marcelo Moutinho

Maria Fernanda Rodrigues

15 de maio de 2021 | 03h00

Este não é um livro que vai explicar as raízes do problema ou propor soluções imediatas, mas é uma leitura interessante para este momento em que a tensão entre palestinos e israelenses se acirra, de novo. Como Curar Um Fanático (Companhia das Letras, 39,90; R$ 23,90) traz dois ensaios de Amós Oz (1939-2018) apresentados como palestras em 2002, que compunham a edição original, de 2004, e um texto extra – lido na França no dia seguinte aos ataques terroristas de 2015, além de outro artigo e uma entrevista.

(Foto: Reinhard Krause/Reuters)

Amós Oz, ex-pequeno fanático transformado em pacifista com a ajuda da fantasia e um dos principais romancistas de sua geração (Meu Michel, A Caixa-Preta), sugere, aqui, antídotos contra o fanatismo (algo que se agrava e se torna violento em tempos de grande desespero): o humor e a capacidade imaginativa (sobretudo de se colocar no lugar do outro, não para concordar com ele, mas para ver as coisas de outro ângulo; algo que, sabemos, a literatura nos proporciona).

Leia a entrevista que Omós Oz deu na época do lançamento.

+

BABEL

Revista Pessoa

A Revista Pessoa inaugura, em julho, uma nova seção: Arte, Autonomia e Política. A ideia é ter uma abordagem filosófica contemporânea e promover maior discussão entre autores de países de língua portuguesa acerca da relação entre arte e pensamento crítico, além de promover uma reflexão sobre os desafios contemporâneos para a liberdade experimental da arte diante da constante ameaça de sua captura pela indústria cultural. Tatiana Salem Levy e Pedro Andrade serão os curadores, e entre os nomes confirmados estão Eduardo Jardim, Paulo Sérgio Duarte, Sérgio Martins, Luiz Camillo Osório, Ana Kiffer e Rafael Cardoso.

Literatura infantil

A Oficina Raquel tem dois infantis no prelo. No Dia das Crianças, ela lança uma adaptação de A Revolução dos Bichos, de Orwell, feita por Henrique Rodrigues. O outro título, também para outubro, é Mila, a Gata Preta, de Marcelo Moutinho. Neles, bem como nos outros lançamentos recentes, estão presentes temas como a valorização da diversidade, do respeito às diferenças e das liberdades fundamentais.

Tudo o que sabemos sobre:

Amós OzLiteratura InfantilGeorge Orwell

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.