Um Livro Por Semana #8: Os fios da meada (‘Brasil: Uma Biografia’)
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Um Livro Por Semana #8: Os fios da meada (‘Brasil: Uma Biografia’)

'Brasil: Uma Biografia' foi publicado pela Companhia das Letras; leia ainda na Babel: Esquenta primavera online e Pallas faz parceria com a mexicana Albaroto

Maria Fernanda Rodrigues

09 de maio de 2020 | 03h00

Para quem quer entender por que somos como somos e como chegamos até aqui, e não falo aqui apenas da guinada política mais recente da nossa história, a dica é Brasil: Uma Biografia, livro de Lilia M. Schwarcz e Heloisa M. Starling publicado em 2015. A saga do País é contada desde antes da chegada dos portugueses e se encerra com a primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso (e quanta coisa aconteceu desde então e desde o lançamento).

Mas vale lembrar o que as autoras, historiadoras, contaram na época: só é possível apreender processos finalizados. Fatos daquele presente, nosso passado recente, aparecem na conclusão, quando elas falaram sobre corrupção, de novo o tema do momento, e algo que, na opinião delas, é histórico e uma construção social. Outros assuntos relevantes aparecem ali, mas sem a profundidade analítica do restante do livro – que não é feito para historiadores, mas para todos nós, que somos parte dessa bagunça.

Em 1845, Francis Meynell retratou navio que trazia escravos ao Brasil; imagem integra o livro

O livro reflete sobre o Brasil com base em dois eixos: o fato de termos uma sociedade, desde o início, violenta, hierárquica e desigual, e o fato de, também desde sempre, sermos uma sociedade que luta por autonomia, construção de direitos e liberdades. Acompanhamos, então, a história de uma nação fundada da exploração, da violência, do extermínio, do desrespeito e da ganância, mas que desde os tempos mais remotos foi às ruas para se manifestar – por interesses individuais, como nas primeiras revoltas contra os impostos e o aumento de preços, ou por questões como liberdade, justiça e democracia.

Tem um pouco de humor, e tem nossa produção cultural servindo de fonte de pesquisa. “Cultura não é reflexo, ela produz um momento e seu contexto”, disse Lilia M. Schwarcz no lançamento. E tem ainda um fio de esperança: “A vocação é de se reinventar e o Brasil é bom em reinvenção”, completou.

BRASIL: UMA BIOGRAFIA
Autoras: Lilia M. Schwarcz e Heloisa M. Starling
Editora: Companhia das Letras (808 págs.; R$ 74,90; R$ 39,90 o e-book)

 

+ BABEL

Debates independentes
Criado como um aquecimento para a tradicional Primavera Literária, feira de livros das editoras independentes, promovida pela Liga Brasileira de Editoras (Libre), o Esquenta Primavera será realizado online entre os dias 26 de maio e 23 de julho, com a participação de mais de 65 convidados entre autores, ilustradores e profissionais do mercado editorial. Serão 34 encontros ao vivo ao longo de 17 dias espalhados por cinco semanas, totalizando quase 70 horas de programação.

Vozes do México
A Pallas fez uma parceria com Alboroto, premiada no ano passado na Feira do Livro Infantil de Bolonha, e vai publicar uma série de livros da editora mexicana aqui. Um deles é o infantil ‘Niños’, de Maria José Ferrada com ilustrações de Maria Elena Valdez, sobre crianças que desapareceram durante a ditadura militar chilena.

Tudo o que sabemos sobre:

brasilEditora Independenteditadura militar

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: