Um Livro Por Semana #5: Um lugar para a dor (‘O Quarto Branco’)
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Um Livro Por Semana #5: Um lugar para a dor (‘O Quarto Branco’)

'O Quarto Branco', romance de estreia de Gabriela Aguerre, foi publicado pela Todavia

Maria Fernanda Rodrigues

18 de abril de 2020 | 03h00

Este é um livro de estreia, uma bela estreia literária. Mais um livro sobre luto, família, história e identidade que a coluna indica (está difícil fugir desses temas no momento). Publicado em 2019, O Quarto Branco é resultado de um projeto desenvolvido pela jornalista Gabriela Aguerre durante uma pós-graduação em escrita criativa. Acostumada às palavras e às histórias reais, faltava um tema para ela se lançar na ficção.

A escrita de O Quarto Branco começou, portanto, de forma planejada e consciente, mas a autora se deixou levar pela intuição e pelas histórias que atravessavam a narrativa e que a atravessavam enquanto contava a história de Gloria, uma mulher na casa dos 40 anos que perde um bebê e descobre que não poderá mais ter filhos.

(Foto: Andres Stapff/Reuters)

O romance começa neste momento delicado e de dor, e a partir daí seguimos Gloria não em uma jornada de superação ou coisa parecida. Mas uma jornada de aceitação – ela entende, e diz, que tudo termina ali, que ninguém vai continuar a sua história – e de recuperação de uma identidade que lhe foi roubada ainda bebê, quando a família vivia no Uruguai e sua irmã gêmea morreu. E esse foi o tema inicial da autora: o duplo e a falta desse duplo.

Gloria embarca em uma viagem rumo ao seu país natal, de onde a família saiu por causa da ditadura, numa tentativa de reencontro com a irmã morta e num acerto de contas com um passado nebuloso. Acompanhamos sua viagem, também no tempo e pelas memórias, enquanto outro luto se avizinha.

Como a autora disse na época do lançamento, O Quarto Branco é um livro que admite que as coisas não são como elas devem ser, mas simplesmente são como são. Que não há nada a ser feito diante do que aconteceu e do que vai acontecer e que, entendendo isso, a inconformidade se transforma em um inconformismo tranquilo.

O QUARTO BRANCO
Autora: Gabriela Aguerre
Editora: Todavia (120 págs.; R$ 49,90; R$ 29,90 o e-book)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.