Um Livro Por Semana #45: Nova geração (As 29 Poetas Hoje)
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Um Livro Por Semana #45: Nova geração (As 29 Poetas Hoje)

As 29 Poetas Hoje é um lançamento da Companhia das Letras; e na Babel: São Paulo ganha livraria de livros escritos por mulheres, Eduardo Galeano e mais

Maria Fernanda Rodrigues

06 de março de 2021 | 03h00

Há 45 anos, a pesquisadora e crítica literária Heloisa Buarque de Hollanda publicou um livro que se tornaria um marco para a literatura brasileira ao reunir os principais nomes da geração mimeógrafo – ou, da poesia marginal. Ana Cristina Cesar foi revelada nesta antologia 26 Poetas Hoje, que ganha agora uma reedição pela Companhia das Letras ao mesmo tempo em que Heloisa Buarque de Hollanda apresenta uma nova seleção – desta vez, apenas com mulheres (muitas influenciadas por Ana C.).

Ana Cristina Cesar, que morreu em 1983 (Foto: Acervo Ana Cristina Cesar/IMS)

As 29 Poetas Hoje é, assim, uma boa introdução ao trabalho de uma nova geração de autoras, quase todas nascidas depois dos anos 1980, e uma boa dica para quem quer conhecer ou ler mais a poesia contemporânea – que vem sendo publicada de forma independente ou por editoras independentes, na internet ou falada nos slams. Entre as escolhidas para esta nova antologia estão Adelaide Ivánova, Stephanie Borges, Mel Duarte, Yasmin Nigri, Jarid Arraes e Renata Machado Tupinambá.

+ BABEL

Livraria, clube, HQ, sonhos

São Paulo ganha, em abril, uma livraria dedicada a livros escritos por mulheres. Idealizada por Johanna Stein, a Gato Sem Rabo será inaugurada na Amaral Gurgel, 338, e seu nome remete ao ensaio Um Teto Todo Seu, de Virginia Woolf. Em 65 m², ela vai abrigar 5 mil exemplares de 1.500 títulos, além de um pequeno café operado pelo restaurante Cora, que funciona no mesmo prédio, e espaço para evento.
*
A Bazar do Tempo promove um debate hoje, às 17h, online, com Heloisa Buarque de Hollanda e outras mulheres, para o lançamento do Clube F., um clube de assinatura de livros escritos por autoras brasileiras e estrangeira.
*
A Oficina Raquel estreia na HQ em maio com A Liga das Superfeministas, obra da francesa Mirion Malle para crianças e pais abordando com humor ferramentas e estratégias para instruir pequenas (e pequenos) feministas.


*
Eduardo Galeano tinha inveja de sua mulher, que sonhava – e registrou essas produções oníricas em Os Sonhos de Helena, que será lançado nos próximos dias pela Livros da Raposa Vermelha em edição ilustrada por Isidro Ferrer (o mesmo ilustrador do lindo Livro das Perguntas, de Neruda, que a Cosac Naify lançou em 2008).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.