Um Livro Por Semana #42: Sobre muros, medo, preconceito, violência e tolerância (para crianças)
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Um Livro Por Semana #42: Sobre muros, medo, preconceito, violência e tolerância (para crianças)

Quatro livros para crianças esta semana: Tromba Tromba, O Muro no Meio do Livro, Querido Senhor Presidente e Monstro Rosa; e na Babel: Ciência e literatura no Suplemento Pernambuco e o ciclo Revistaria

Maria Fernanda Rodrigues

13 de fevereiro de 2021 | 03h00

Houve um tempo em que os elefantes eram pretos ou brancos. Eles amavam todos os seres vivos, mas se odiavam. Embora cada grupo vivesse do seu lado, eles decidiram matar uns aos outros. Os mais pacíficos, dos dois lados, buscaram refúgio no fundo da floresta. A matança começou. Anos se passaram até que algum elefante fosse visto novamente, e quando eles começaram a sair da toca já não eram brancos ou pretos, e, sim, cinzas. Houve paz por um tempo, e então os elefantes de orelha pequena e os de orelha grande começaram a se olhar de um jeito estranho. Essa é a história Tromba Tromba (Pequena Zahar, 2016), livro de David McKee para crianças – forte e necessário como outro do autor, Agora Não, Bernardo (WMF Martins Fontes), é para os pais (embora seja dedicado aos pequenos).

Ilustração de Jon Agee para O Muro no Meio do Livro

Uma grande parede também divide o mundo de um garotinho e o do ogro em O Muro no Meio do Livro (Pequena Zahar, 2018), de Jon Agee, que já foi citado aqui na coluna. O menino, que se sente muito seguro do seu lado do muro, é incapaz de ver os perigos se aproximando e não imagina que sua salvação está do lado de lá, com o temível “outro”.

Querido Senhor Presidente (Melhoramentos, 2019), de Sophie Siers, conta a história de uma criança que quer construir um muro em seu quarto para separá-lo do irmão e afastá-lo dos conflitos, e diz isso em cartas a Trump.

Encerrando a seleção de livros sobre muros, medo, preconceito, violência e tolerância está o belo Monstro Rosa (Boitatá, 2016), de Olga de Díos. Sempre deslocado, o protagonista cria coragem para romper barreiras e procurar um lugar melhor – e encontra também amigos e respeito.

+

BABEL

Ciência, literatura e revistas literárias

O Suplemento Pernambuco inicia em março a segunda série do projeto Botão Vermelho, em parceria com o Instituto Serrapilheira. A cada mês será publicado um conto inédito inspirado em alguma pesquisa científica feita em universidade pública. Os convidados são: Cristhiano Aguiar, Cidinha da Silva, Bruno Ribeiro, Veronica Stigger, Jeferson Tenório e Natália Borges Polesso.
*
Começa dia 25 o Revistaria, ciclo de debates com editores de 21 revistas literárias, no YouTube do Sesc Ipiranga.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.