Um Livro Por Semana #25: Um livro que é uma casa (‘A Casa na Rua Mango’, de Sandra Cisneros)
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Um Livro Por Semana #25: Um livro que é uma casa (‘A Casa na Rua Mango’, de Sandra Cisneros)

E mais na Babel: Antologia de poemas de Alfonsina Storni a caminho da gráfica e um novo livro de Mariana Ianelli para 2020

Maria Fernanda Rodrigues

12 de setembro de 2020 | 03h00

Sandra Cisneros conta, na apresentação de A Casa na Rua Mango, que ela não quis escrever um livro que as pessoas não fossem entender e, com isso, pudessem sentir vergonha. E que, para ela, histórias dizem respeito à beleza e pessoas que estão ocupadas em ganhar a vida merecem pequenas belas histórias – porque elas não têm muito tempo e estão quase sempre cansadas.

Ela escreveu isso em 2008, 24 anos depois do lançamento deste livro de histórias curtas que acompanha Esperanza, uma garota de origem mexicana, como a autora, vivendo num bairro pobre de Chicago, como a autora viveu na infância. E como muitas crianças e adolescentes que sobrevivem apesar de tudo – da miséria, da violência, do abuso, da invisibilidade, da vergonha – sem nunca esquecer de onde vieram.

A história se passa em Chicago (Foto: Andrew Nelles/Reuters)

Esperanza é testemunha e vítima de tudo isso. Nos degraus dos prédios da vizinhança e quintais degradados, vendo a vida passar, ela vai amadurecendo, sonhando com uma casa melhor e com um futuro diferente do das mulheres que conhece. Uma vida diferente da de sua mãe, que abandonou a escola por não ter roupas e que cantarola ópera na cozinha de casa esperando pelo bilhete premiado que vai mudar sua situação.

Por essas e por outras, A Casa na Rua Mango é leitura obrigatória em muita escola americana. A apresentação sensível e honesta que ela escreveu tanto tempo depois talvez responda a algumas das questões com as quais seus leitores têm sido confrontados ao longo dos anos. Um texto em que ela relembra de quem era enquanto escrevia esta ficção atemporal, lançada pela primeira vez no Brasil agora, e em que estabelece um diálogo com a mãe morta.


A CASA NA RUA MANGO

Autora: Sandra Cisneros
Trad.: Natalia Borges Polesso
Editora: Dublinense (144 págs.; R$ 49,90; R$ 35 o e-book)

+ BABEL

Poesia

Está indo para a gráfica a primeira edição brasileira dos poemas da suíço-argentina Alfonsina Storni (1878-1937), conhecida aqui pela música de Mercedes Sosa: ‘Alfonsina y El Mar’. Com lançamento pela Iluminuras e seleção, tradução e notas de Wilson Alves-Bezerra, ‘Sou Uma Selva de Raízes Vivas’ reúne 50 poemas e um ensaio biográfico.
*
E a poeta Mariana Ianelli, que prepara com Adriana Lisboa ‘Dupla Noite’, antologia de Lezama Lima, lança ‘Terra Natal’, pela Cousa, ainda em 2020.

Tudo o que sabemos sobre:

LiteraturalivroSandra CisnerosPoesia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: