Um Livro Por Semana #14: Para gostar de ler (‘Rua do Escritor’)
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Um Livro Por Semana #14: Para gostar de ler (‘Rua do Escritor’)

'Rua do Escritor', de Henrique Rodrigues, é um lançamento da Malê; e mais na Babel: inéditos de Luiz Antonio Simas e o centenário de Paulo Freire em debate e dois livros

Maria Fernanda Rodrigues

20 de junho de 2020 | 03h00

Conheci Yuri esta semana, por causa de uma reportagem. Liguei quando ele terminou a tarefa da escola para conversar sobre o livro que foi entregue com a cesta básica que chegou na sua casa no Morro do Pavão-Pavãozinho, no Rio. A mãe disse que assim que viu o volume, deixou o celular de lado e sentou para ler. Aos 11 anos e sem poder frequentar a biblioteca do colégio, onde gostava de passar o recreio, ele foi surpreendido por aquele livro sobre o universo, uma paixão dele. Estava feliz da vida ao telefone – curioso para chegar ao final e conectar todas as partes, como ele disse, mas também parcimonioso porque não vai ter outro livro para ler depois.

A doação desse e de outros 500 e tantos títulos é resultado de uma campanha da escritora Anna Claudia Ramos e o impacto de sua chegada na casa desta família desempregada, que espera o fim do coronavírus para tentar retomar a vida, é uma amostra do que pequenos gestos podem fazer por uma criança. E é disso que trata Rua do Escritor, de Henrique Rodrigues, carioca que também cresceu no subúrbio e que dedica este volume com crônicas sobre o universo da leitura aos professores que o ajudaram em seu caminho.

Na Biblioteca Parque da Rocinha, os livros estão ao alcance de todos (Foto: Marco de Paula/Estadão)

Henrique, que moleque decidiu ser escritor quando ganhou um concurso de frases no colégio e foi motivo de riso ao dizer isso – e hoje dá nome a duas salas de leitura de escolas onde estudou –, conta, nesses textos, um pouco de sua trajetória, suas leituras e os encontros com leitores e reflete sobre seu ofício: “principalmente no Brasil, ele precisa estar associado a uma ação cultural um pouco maior do que ler e escrever”.

Rua do Escritor foi lançado antes da quarentena, e depois de O Próximo da Fila, seu romance de formação que retrata um jovem da periferia e que já saiu na França, ter sido selecionado pelo PNLD Literário e distribuído para bibliotecas de escolas públicas de todo o País.

RUA DO ESCRITOR
Autor: Henrique Rodrigues
Editora: Malê
(192 págs.; R$ 38,40)

 

+ BABEL

Inéditos em 2021
A Relicário publica, no ano que vem, dois inéditos de Luiz Antonio Simas. ‘Ritos’, “um almanaque de práticas, encontros, ancestralidades e afetos para o amanhã”, parte das ligações entre o sagrado e o profano e o popular. ‘Mandingas do Novo Mundo: Dos Espíritos e Revoluções’, escrito com Luiz Rufino, aborda os ‘personagens encantados’ da literatura e da história oral da América Latina afro-ameríndia.

Centenário de Paulo Freire
Para o centenário de Paulo Freire, em 2021, a Oficina Raquel lança uma coletânea de cartas de professores e autores, como Amara Moira e Cidinha da Silva, ao educador, com organização Taty Leite. E também um volume organizado por Simone Monteiro com textos sobre a vitalidade de suas ideias. Antes, no dia 30/7, um debate sobre ele encerra o Esquenta Primavera, que está acontecendo online gratuitamente.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: