Silviano Santiago ganha o Prêmio Machado de Assis
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Silviano Santiago ganha o Prêmio Machado de Assis

Maria Fernanda Rodrigues

01 de julho de 2013 | 18h20

Crítico literário, contista e romancista, Silviano Santiago (na foto de Paulo Vitor/Estadão) é o vencedor do Prêmio Machado de Assis, concedido pela Academia Brasileira de Letras desde 1941 a um autor pelo conjunto da obra. Ele ganhou R$ 100 mil. Em 2012, o premiado foi o contista Dalton Trevisan.

Outros escritores e pesquisadores estão na lista anunciada agora pela ABL. Cada um deles levou R$ 50 mil.

Poesia
Antonio Cicero, por Porventura

Ficção, Romance, Teatro e Conto

Lya Luft, por O Tigre na Sombra

Infantojuvenil

Luiz Raul Machado, por As 17 Cores do Branco

Tradução

Caetano Galindo, por seu trabalho com a obra de James Joyce

História e Ciências Sociais

Sidney Chalhoub, por A Força da Escravidão

Ensaio, Crítica e História Literária

Pedro Meira Monteiro, por Correspondência entre Mário de Andrade e Sérgio Buarque de Holanda
Lúcia Bettencourt, por O Banquete

Cinema

David França Mendes, pelo roteiro do filme Corações Sujos

O Prêmio Francisco Alves, dado a cada cinco anos ao autor da melhor monografia sobre o ensino fundamental no Brasil e sobre a língua portuguesa, foi para José Rogério Fontenele Bessa, autor de Atlas linguístico do Estado do Ceará.

A premiação será no dia 18 de julho, às 17 h, no Petit Trianon, sede da ABL, no Rio.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.