Quadrinhos italianos ganham exposição em São Paulo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Quadrinhos italianos ganham exposição em São Paulo

E mais: 'Mr. Jabot' agora tem duas editoras, 'Cânone Gráfico' lança terceiro volume, Haroldo de Campos homenageado em mostra; etc.

Maria Fernanda Rodrigues

18 de junho de 2016 | 01h11

HQ – 1
Quadrinhos italianos ganham exposição em São Paulo

ho italiana

Comics Que Paixão! – Quadrinhos Italianos de 1950 Até Hoje é o título da exposição que o Istituto Italiano di Cultura abre no dia 5 de julho no Centro Cultural São Paulo. Com curadoria de Maurizio Scudiero, a mostra apresentará cerca de 70 trabalhos de diversos autores. Entre os destaques, clássicos personagens – de Dylan Dog e Topolino a Valentina – e autores como Tiziano Sclavi, Milo Manara, Pratt, Sergio Bonelli, Crepax, Romano Scarpa, Andrea Lavezzolo, Benito Jacovitti, Massimo Rotundo e Simone Bianchi. A imagem ao lado, Piccolo Ranger, de 1964, é de Franco Donatelli.

HQ – 2
‘Jabot’ no Brasil

Mr. Jabot

Herdeiro de uma bela coleção original de Histórias de Mr. Jabot, de Töpffer, considerada a primeira HQ do mundo, André Aubert Caramuru, da Descaminhos, fechou a coedição da série com a editora Sesi-SP. Serão edições fac-similares, em tiragens de mil exemplares, e o primeiro, Mr. Jabot, de 1833, está previsto para o segundo semestre.

Leia também: Editor André Caramuru Aubert procura parceiro para lançar obra publicada por Rodolphe Töpffer, na Suíça, em 1833

HQ – 3
Ponto final
O Selo Barricada lança o terceiro e derradeiro volume da antologia Cânone Gráfico. Nele, adaptações em HQ de Kafka, Beckett, Camus, Huxley, Kerouac, Joyce, Hemingway, Fitzgerald, García Márquez, Borges, Eco, Pynchon, Murakami, David Foster Wallace e outros.

POESIA
60 anos depois
Haroldo de Campos (1929–2003) será homenageado a partir do dia 24, na Casa das Rosas, com a mostra Estrutura Explodida – Vidobra de Haroldo de Campos. Os 20 poemas reunidos pretendem formar um mapa de viagem e conquistar novos leitores nos 60 anos da poesia concreta.

INFANTIL – 1
Lição de igualdade

literatura infantil

Sai em julho, pela Pequena Zahar, Tromba Tromba (acima), do inglês David McKee. É a história de um tempo em que havia elefantes pretos e elefantes brancos. Depois de uma grande batalha, com êxito para os dois lados, eles quase foram extintos. Mas alguns deles se refugiaram por muito tempo na floresta, e então começaram a surgir apenas elefantes cinzas.

INFANTIL – 2
Nova coleção
O poeta mexicano Francisco Hinojosa terá três livros publicados no País pela Sesi-SP: A Pior Senhora do Mundo, que já saiu pela Nova Fronteira, Folha de Papel e Se Virando Sozinho. As obras, que inauguram a coleção Quem Lê Sabe Por Que, chegam às livrarias nos próximos dias.

LUSOFONIA
Um pouco de Agustina
Um dos principais nomes da literatura portuguesa, mas pouco publicada aqui, Agustina Bessa-Luís terá seu Breviário do Brasil lançado pela Tinta-da-China no dia 21, no Rio. Também será lançado Os Passos Em Volta, de Herberto Helder, outro importante autor de lá.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: