Projeto Creative SP vai levar 10 empresas paulistas para a Feira do Livro de Frankfurt
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Projeto Creative SP vai levar 10 empresas paulistas para a Feira do Livro de Frankfurt

Editores, agentes literários e outras pessoas ligadas à economia criativa paulista podem se candidatar

Maria Fernanda Rodrigues

13 de maio de 2022 | 05h00

Dez empresas ou instituições paulistas vão poder participar, em outubro, da Feira do Livro de Frankfurt este ano dentro do projeto Creative SP.

Esta é uma das oito missões programadas para 2022 pelo novo programa de internacionalização da economia criativa, criado pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, no início do ano. A primeira, em março, foi para o festival de inovação South by Southwest (SXSW), nos Estados Unidos. A próxima, na semana que vem, será para o Festival de Cannes.

Feira do Livro de Frankfurt em 2021 (Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters)

“A ideia é que os contemplados possam expandir sua atuação e seus negócios e trazer recursos para o Estado”, conta o secretário Sérgio Sá Leitão.

Os selecionados terão suas despesas com itens como passagem e hospedagem reembolsadas em até US$ 3 mil. As inscrições podem ser feitas em www.investe.sp.gov.br/exporte/creative-sp/ até um mês antes do início de cada evento e o resultado sai em até 7 dias depois do término das inscrições. A proposta é que entre os selecionados estejam cinco empresas de pequeno porte, três de médio e duas grandes.

Ainda não há detalhes sobre como será a participação na maior feira de livros do mundo, mas é provável, diz o secretário, que façam alguma parceria com o Brazilian Publishers, programa da Câmara Brasileira do Livro e Apex que tem o mesmo objetivo do CreativeSP, e estejam juntos no estande e em atividades. Antes da viagem, haverá workshop sobre a área e o evento. Na volta, são acompanhados por um ano.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.