Pela criação de um plano municipal para o livro
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Pela criação de um plano municipal para o livro

Maria Fernanda Rodrigues

11 Setembro 2013 | 18h34

Leitura na Biblioteca São Paulo, instalada onde antes era o Carandiru, por Márcio Fernandes/Estadão

Um encontro na sexta-feira, dia 13, das 9h às 17h, no Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro, 1.000), vai debater a criação do Plano Municipal do Livro e da Leitura. Entre os participantes, Juca Ferreira, secretário de Cultura, e José Castilho Marques Neto, secretário-executivo do Plano Nacional do Livro e da Leitura (PNLL).
Programação

9h – 9h30 – Credenciamento

9h30 – Abertura: Cícero de Crato – canto

10h – Abertura Oficial: Juca Ferreira, secretário municipal de Cultura de São Paulo, Fernando José de Almeida, diretor de Orientação Técnica da Secretaria Municipal de Educação, e Paulo Daniel Farah, da Biblioteca e Centro de Pesquisa América do Sul-Paises Árabes (Bibli-ASPA) e USP

10h30 a 12h30 – Mesa sobre a sistemática de elaboração do PMLL
Mediador: Volnei Canônica, coordenador do programa Prazer em Ler – Instituto C&A
Dos eixos de ação do PNLL, com José Castilho, secretário-executivo do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL)
Experiência de criação de PMLL municipal de Recife e do plano estadual de Pernambuco, com Cida Fernandez, coordenadora executiva do Centro de Cultura Luiz Freire (PE)

12h30 – 13h55h – almoço

13h55 – Leitura e interpretação em Libras do livro A Casa Sonolenta, de Audrey e Don Wood, feita por 19 crianças do Instituto Criança Cidadã /LiteraSampa

14h – 15h30 – Oficinas
Oficina 1 -Democratização do acesso, com coordenação de Vera Saboya, superintendente da Leitura e do Conhecimento da Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro
Oficina 2 – Fomento à leitura e à formação de mediadores, com coordenação de Neide A. de Almeida, socióloga e consultora nas áreas educacional e editorial
Oficina 3 – Valorização institucional da leitura e incremento de seu valor simbólico, com coordenação de Sandra Medrano, da revista Emília
Oficina 4 – Desenvolvimento da economia do livro, com coordenação de Ivana Jinkings, da Liga Brasileira de Editores (Libre)

15h30 – 15h45 – Cortejo de Leitura de Parelheiros (Ibeac/LiteraSampa)

15h45 – 17h: Apresentação das discussões de cada oficina e encaminhamentos, com coordenação de Bel Santos Mayer (Polo LiteraSampa)