As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Obra poética de Hilda Hilst volta reunida em um só volume

Maria Fernanda Rodrigues

17 de fevereiro de 2017 | 21h28

Ubiratan Brasil e Guilherme Sobota

Começa em março a republicação da obra completa da poeta Hilda Hilst (1930-2004). A Companhia das Letras decidiu dividir o material em dois volumes: no mês que vem, sai a obra poética em apenas um volume de aproximadamente 500 páginas, reunindo 25 títulos. E, em 2018, será a vez do conteúdo em prosa, também em volume único.

A grande novidade será a inclusão de pelo menos 12 poemas novos – inéditos ou já conhecidos que foram retrabalhados. O material trará ainda reproduções das anotações que Hilda fazia nos livros de sua imensa biblioteca, guardada na Casa do Sol, na região de Campinas, onde viveu. Finalmente, a nova edição da obra trará trechos de depoimentos sobre Hilda dados por grandes amigas, como a escritora Lygia Fagundes Telles, com quem estudou, quando criança. Todo o trabalho tem a supervisão do Instituto Hilda Hilst, criado em 2005 pelo escritor José Luis Mora Fuentes, grande amigo da poeta.

PRÊMIO
Um Oceanos maior
O Prêmio Oceanos vai anunciar, depois do carnaval, uma importante expansão. A partir deste ano, poderá participar a primeira edição de qualquer obra em português publicada em 2016, independentemente da nacionalidade da editora – antes a restrição era só para títulos editados no Brasil e em países lusófonos. Com isso, acredita-se que a lista de participantes ganhará cerca de 200 títulos. A curadora portuguesa virá a SP para dar mais detalhes.

HOMENAGEM
Contexto 30 anos
A Editora Contexto completa 30 anos com novos lançamentos – o primeiro deles, um novo volume de O Brasil no Contexto, que preenche o período entre 1987 e 2017. Quinze estudiosos foram convidados a analisar as transformações do Brasil nessas três décadas. Nomes como o sociólogo José de Souza Martins, a educadora Magda Soares, a jornalista Arlete Salvador, o historiador e educador Nelson Pilettil, a historiadora Ana Scott, que analisa a família brasileira, o sociólogo Renato Sérgio de Lima falando sobre a questão da violência no Brasil, e ainda Milton Leite abordando o esporte no País.

VEM AÍ
Abuso e recuperação
Instrumental, o livro do pianista inglês James Rhodes e que fez barulho no Reino Unido em 2015, é o próximo lançamento da Rádio Londres. A obra é uma autobiografia na qual ele repassa um histórico de violência sexual na infância, e como superou o trauma com ajuda da música clássica. A BBC trabalha numa adaptação cinematográfica do livro.
*
Vonnegut
A editora também prepara o lançamento de If This Isn’t Nice, What Is?, uma coletânea de discursos de formaturas universitárias de Kurt Vonnegut (1922-2007). Os dois livros chegam às livrarias em março.

INFANTIL
Barco a vapor
Mais de 1,3 mil originais foram inscritos no 13.º Prêmio Barco a Vapor de Literatura Infantil e Juvenil. O vencedor, além de ter a obra publicada na coleção Barco a Vapor, receberá um adiantamento de R$ 40 mil. Agora, a seleção vai para o júri. O prêmio, que também existe em outros países, é realizado pela Fundação SM e Edições SM.

ROMANCE
Diversidade
A HarperCollins vai lançar pela primeira vez no Brasil o livro The Miseducation of Cameron Post, de Emily M. Danforth, de 2012. O livro conta a jornada de uma jovem enviada para um campo de conversão religiosa que prega a “cura gay”.

Mais conteúdo sobre:

BabelLiteratura