As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Iluminuras lança peça de Sergio Medeiros que satiriza militares

Maria Fernanda Rodrigues

18 Novembro 2016 | 21h24

Ubiratan Brasil e Guilherme Sobota

Em março de 2017, a editora Iluminuras lançará dois novos livros de Sérgio Medeiros: A Idolatria Poética ou a Febre de Imagens, com poemas em prosa apresentados pelo crítico e professor norte-americano Malcom McNee, que tem se dedicado ao estudo da sua poesia; e As Emas do General Stroessner, com três peças contra as ditaduras latino-americanas apresentadas pelo professor Fábio de Souza Andrade, especialista em Samuel Beckett.

Os dois livros sairão juntos porque o primeiro anuncia o segundo e ambos adotam o diálogo como forma de expressão – o primeiro é mais imagético e o segundo, satírico ao mostrar o encontro de dois generais, o brasileiro Emílio Garrastazu Médici e o paraguaio Alfredo Stroessner, no meio de uma ponte ainda não inaugurada. Lá, são acossados por estranhas aves que querem lhes comer os olhos e também as insígnias.

SOBRE DITADURA
Estreia nos contos
Romancista premiada, autora de seis romances e textos para jovens, Maria José Silveira vai lançar seu primeiro livro de contos. Felizes Poucos contém 11 histórias curtas que tratam de diversos momentos dos 21 anos de ditadura militar no Brasil e já pode ser adquirido em edição digital – a impressa é sob demanda e pode ser adquirida pelo e-mail serra.dourada.jaragua@gmail.com. O preço é R$ 30, além do valor do frete.

BIOGRAFIA
A volta de Henfil
A José Olympio devolve às prateleiras no final do mês uma biografia lançada há 20 anos e há muito esgotada: O Rebelde do Traço, escrita pelo jornalista Dênis de Moraes e que narra a trajetória artística do cartunista Henfil (1944-1988), um dos expoentes do jornal Pasquim. “Henfil já chegou limpando a área do desenho, despojando-o de tudo o que não fosse indispensável”, escreve Jânio de Freitas, no prefácio.

ENSAIO
‘Trumpemort’
A eleição de Donald Trump para presidente dos Estados Unidos aumentou a fervura nas redes sociais dedicadas à literatura naquele país. Jovens em sua maioria discutem o pleito por meio do universo de Harry Potter, desde a criação de gifs até ensaios comparando Trump a Voldemort, jurando montar o Exército de Dumblemore. O momento inspirou um alentado artigo publicado no site Literary Hub e assinado por Emily Temple. O título: “Harry Potter é, de fato, um grande quadro narrativo para o bem ou para o mal”.

ROMANCE DE ÉPOCA
Novo ‘A Bela e a Fera’
Autora de romances de época, Babi A. Sette assinou contrato com a Verus, do Grupo Record, para lançar dois livros a partir do ano que vem. No segundo semestre de 2017, deverá ser lançado Não Me Esqueças e, no início de 2018, deverá chegar às prateleiras o new adult Senhorita Aurora. A obra Não Me Esqueças é uma releitura do clássico A Bela e a Fera com cenários da antiga Europa.

DICIONÁRIO
Politicamente incorreto Além de Jaqueta Branca, romance de Herman Melville inédito em português, que chega às lojas no dia 15 de dezembro, a Carambaia promete outro aguardado lançamento: Dicionário do Diabo, deliciosa subversão da palavra escrita pelo americano Ambrose Bierce (1842-1914). Como de hábito, a edição terá um projeto gráfico especial.

Mais conteúdo sobre:

Sergio MedeirosBabel