Fernando Henrique Cardoso é o novo imortal da ABL
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Fernando Henrique Cardoso é o novo imortal da ABL

Maria Fernanda Rodrigues

27 de junho de 2013 | 16h56

O ex-presidente e sociólogo Fernando Henrique Cardoso acaba de ser eleito o mais novo imortal da Academia Brasileira de Letras. Ele recebeu 34 dos 39 votos possíveis – apenas um acadêmico se absteve de votar. Foram 24 votos presenciais e 14 por carta.

Primeiro candidato a anunciar sua intenção de concorrer à cadeira 36, vaga desde a morte de João de Scantimburgo, em março, Fernando Henrique concorreu com outros 10 escritores e sua eleição era dada como certa desde o princípio.

Após a eleição no Petit Trianon, Fernando Henrique recebeu os confrades e convidados na Fundação Eva Klabin, na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro.

Em nota, Marcos Villaça, ex-presidente da casa, disse: “Essa eleição é um ato de respeito da Academia Brasileira de Letras à inteligência brasileira. A grande obra de Fernando Henrique Cardoso de sociólogo e cientista dá ainda mais corpo à Academia”.

Disputaram a cadeira com ele: Felisbelo da Silva, J.R. Guedes de Oliveira, Gildasio Santos Bezerra, Jeff Thomas, Carlos Magno de Melo, Eloi Ghio, Diego Mendes Souza, Alvaro Corrêa de Oliveira, José William Vavruk e Arlindo Vicentine.

Esta é a segunda eleição de um imortal este ano. Rosiska Darcy de Oliveira tomou posse dia 15 e ocupa a cadeira de Lêdo Ivo, morto em dezembro

Tendências: