Estudo aponta o impacto da leitura para a formação do indivíduo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Estudo aponta o impacto da leitura para a formação do indivíduo

E mais na coluna Babel: a criação Prêmio Flink de Literatura; microcontos de Carrascoza, o novo infantil de Fernando Vilela, arquitetura e urbanismo para crianças, etc.

Maria Fernanda Rodrigues

08 de abril de 2016 | 23h33

INCENTIVO
O impacto da leitura para a formação do indivíduo

leitura

(Foto: Marcos de Paula/Estadão)

Um estudo da Fundação Itaú Social, baseado em artigos científicos publicados a partir dos anos 1990, mostra o impacto da leitura feita pelo adulto para a criança, na primeira infância, para o seu desenvolvimento. O material será usado internamente para nortear as ações da fundação. Algumas conclusões: o aprimoramento das habilidades de leitura aos 7 anos afeta o nível socioeconômico que o indivíduo obterá aos 42; o incentivo à leitura na 1.ª infância está entre os fatores determinantes dos escores de inteligência, da motivação acadêmica e dos anos de escolaridade que ele terá; e a adição de um dia extra por semana de leitura de pais para filhos durante 30 minutos, no período de um ano, nos primeiros 10 anos de vida da criança, potencializa significativamente a capacidade de leitura.

PRÊMIO
Aos vencedores, o livro
A Festa do Conhecimento, Literatura e Cultura Negra chega à 4.ª edição em novembro com uma novidade: o Prêmio Flink de Literatura. Destinado a jovens autores negros brasileiros ou residentes no País, ele abre inscrições em julho. Os três textos vencedores serão anunciados no evento, que terá curadoria de Guiomar de Grammont, e sairão em livro.

MICROCONTO
142 caracteres
João Anzanello Carrascoza lança em maio, pela Sesi SP Editora, Linha Única. A obra reúne microcontos do autor, que já foram tema de projeto selecionado pelo Rumos Itaú Cultural.

INFANTIL
Grandes aventuras

literatura infantil

Ainda em abril, chega às livrarias Contêiner, de Fernando Vilela. Com técnicas variadas (carimbo, gravura e manipulação digital), o livro da Pequena Zahar narra, em imagens, as aventuras de um cachorro e uma gata que viajam pelo mundo em navios de carga.

CONTO
Novos projetos
O cineasta Mario Masetti apresenta, em maio, O Urso Terrorista e Outras Histórias de Cinema, Teatro e Televisão (Sá Editora). Depois, volta a se ocupar de um novo romance – sobre jovens e política e que envolve os acontecimentos recentes do País.

NÃO FICÇÃO
Múltiplos olhares
Entre os próximos lançamentos da Relicário estão os dois volumes de O Trágico, O Sublime e a Melancolia – um desdobramento do 12.º Congresso Internacional de Estética, realizado em 2015. Com organização de Verlaine Freitas, Rachel Costa e Debora Pazetto, o livro traz artigos de pesquisadores – alguns optaram por analisar obras de Homero, Shakespeare, Wagner, Heiner Müller, Beckett ou Dürer e outros partiram da interpretação de textos fundamentais da estética e da crítica.

ARQUITETURA
Financiamento coletivo
Partindo da ideia de que cidades serão mais humanas quando arquitetura e urbanismo forem ensinados na infância, Bianca Antunes e Simone Sayegh iniciam campanha no Catarse, dia 13, para viabilizar o 1.º livro de seu projeto: Casacadabra, sobre 10 casas emblemáticas – 4 delas, como a Casa Bola, abaixo na ilustração de Carolina Hernandez, localizadas no Brasil.

arquitetura

Leia também: ‘Mr. Jabot’, considerada a primeira HQ do mundo, vai ganhar edição no Brasil

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: