Crônicas políticas de Rachel de Queiroz serão reunidas em livro
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Crônicas políticas de Rachel de Queiroz serão reunidas em livro

Na coluna Babel, publicada no Caderno 2 de sábado, dia 19 de julho, informações sobre um novo projeto da José Olympio para a Rachel de Queiroz e mais: os escritores mais populares nas redes sociais, nova tradução de Odisseia, a Rocco e a literatura fantástica e Patricia Engel Secco, do polêmico projeto de simplicar clássicos, como curadora de festival literário

Maria Fernanda Rodrigues

18 de julho de 2014 | 22h15

ANTOLOGIA
Crônicas políticas de Rachel de Queiroz serão reunidas em livro

(Foto: Otavio Magalhães/Estadão)

A editora José Olympio começa a trabalhar no projeto de edição de um livro que vai reunir cerca de 200 crônicas políticas de Rachel de Queiroz (foto; 1910-2003) – a primeira é de 1927 e a última, dos anos 2000. A seleção foi feita por Natália Guerellus, estudiosa da obra da escritora, no acervo do Instituto Moreira Salles. Previsto para abril de 2015, o livro terá, ainda, uma introdução situando a autora e seu tempo, glossário e biografia. A editora Maria Amélia Mello explica que por crônicas políticas devemos entender seu aspecto mais amplo – de cidadania. “Ela era um ser político por natureza. Gostava e exercia”, diz. Também está no prelo da editora o infantil Andira, que terá ilustrações de Cláudio Martins.

SOCIAL
Os mais pops
O pesquisador Fabio Mallini fez um mapeamento dos ‘likes’ e posts do Facebook e do Twitter para descobrir os literatos mais populares. No topo, Drummond, Caio Fernando Abreu e Clarice Lispector, que, juntos, mobilizam mais de 1 milhão de pessoas. A pesquisa será apresentada em encontro que o Itaú Cultural promove paralelamente à Flip, em Paraty.

MÚSICA
Siblin no Brasil
O jornalista e cineasta canadense Eric Siblin participa de bate-papo no Espaço É Realizações, no dia 4, para o lançamento de Suítes Para Violoncelo – sobre Bach, Pablo Casals e ele mesmo.

E-BOOK
Empréstimo virtual
A Árvore de Livros, plataforma de empréstimo de e-book, anuncia, dia 25, parceria com o Clube de Autores, site de autopublicação. Em agosto, livros dos 35 mil autores do clube começam a ser disponibilizados na biblioteca.

SELO
Literatura fantástica
Cemitério de Dragões, de Raphael Draccon, e O Reino das Vozes Que Não se Calam, de Carolina Munhóz e Sophia Abrahão, são os dois primeiros títulos a serem publicados pelo Fantástica, novo selo da editora Rocco que estreia em agosto e que reunirá obras brasileiras e estrangeiras de fantasia e ficção científica.

CLÁSSICO
Uma nova ‘Odisseia’
A Cosac Naify publica, em outubro, duas versões de Odisseia, de Homero, com a nova tradução em verso de Christian Werner, professor de língua e literatura grega na USP.


A edição especial virá com 26 pranchas com colagens de Odires Mlászho abrindo cada canto, como a que pode ser vista acima. A comercial terá só o texto. A apresentação é do americano Richard Martin, especialista em Homero, e o posfácio é de Luiz Alfredo Garcia-Roza.

FESTIVAL – 1
Em Santos
O argentino Carlos María Domínguez é uma das atrações da Tarrafa Literária (26 a 28/9) e lança A Casa de Papel (Realejo).

FESTIVAL – 2
No Recife
A Letra e a Voz (20 a 23/8) não homenageará um autor, mas sim um livro: A Paixão Segundo G.H., de Clarice Lispector. A curadoria é de Schneider Carpeggiani.

FESTIVAL – 3
Em Votuporanga
A curadoria infantil do Festival Literário de Votuporanga será de Patrícia Secco, autora do polêmico projeto de simplificar clássicos, e de Tarsilinha do Amaral.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: