Casa das Rosas quer formar mais 30 escritores em 2015
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Casa das Rosas quer formar mais 30 escritores em 2015

E mais na Babel: o novo livro de Umberto Eco, O Pequeno Príncipe em nova edição, Anne Frank protegida do domínio público, etc.

Maria Fernanda Rodrigues

09 Janeiro 2015 | 20h55

CURSO
Casa das Rosas quer formar mais 30 escritores em 2015
casadasrosasNova chamada para quem quer aprender, sem pagar nada, o ofício da escrita: a Casa das Rosas abre inscrições para a terceira turma do Curso Livre de Preparação do Escritor no dia 20 de janeiro. São apenas 30 vagas (e mais 10 em lista de espera) e, a julgar pelo sucesso das edições anteriores, elas devem se esgotar rapidamente. Além de preencher um formulário, o candidato precisa enviar até cinco páginas de um texto de sua autoria – em qualquer gênero. O curso, com duração entre março e novembro, é dividido em oito módulos mensais, com dois encontros por semana, sempre às quintas, das 19h30 às 21h30, e sábados, das 10 h ao meio-dia. Entre os professores estão Luiz Brás, Fabio Weintraub, Paulo Ferraz e Ricardo Lísias. Ao final, os alunos escrevem um texto para ser publicado no site da instituição e aí a batalha é para terminar o projeto e publicar o livro – dois ex-alunos conseguiram financiamento do Proac para editar suas obras.

DIREITOS – 1
Anne Frank protegida
A Fundação Anne Frank já disse que processará quem publicar O Diário de Anne Frank em 2016 – data em que muitos imaginam que a obra entrará em domínio público. Acontece que os diretos do livro pertenciam ao pai da garota, morto em 1980 – quando se iniciaram, de fato, as contagens. Quem quiser editá-lo terá de esperar mais uns bons anos. E a Record, editora da obra no Brasil, respira aliviada.

DIREITOS – 2
Príncipe liberado
Já a edição da Agir de O Pequeno Príncipe começa a encontrar concorrentes. A L&PM colocou em pré-venda sua edição traduzida por Ivone C. Benedetti.

AUTOAJUDA
Carta a um jovem…
A Sextante publica em novembro Notes for a Young Prince. Escrito pelo fotógrafo de moda Alexi Lubomirski, que depois se revelou um príncipe de verdade, o livro é dirigido a seus filhos. Uma frase dita pela mãe o inspirou a escrever: “Se for para ser um príncipe nos dias de hoje, você terá de sê-lo no coração e nas suas ações”.

NÃO FICÇÃO
Um ano à deriva
Sairá pela Companhia das Letras 438 Days, do jornalista Jonathan Franklin. Trata-se da história do pescador Salvador Alvarenga, que sobreviveu a um naufrágio e passou mais de um ano à deriva no Oceano Pacífico.

FICÇÃO
O novo de Eco

(Foto: Juan Carlos Rojas/Divulgação)

(Foto: Juan Carlos Rojas/Divulgação)

Numero Zero, romance de Umberto Eco (foto) que chegou às livrarias italianas ontem, está previsto pela Record para julho. A obra se passa nos anos 1990 e tem como mote a Operação Mãos Limpas, de combate à corrupção em seu país.

EVENTO
Em Cuba
Os Cangaceiros: Ensaios de Interpretação Histórica, livro de Luiz Bernardo Pericás publicado pela Boitempo e que recebeu menção honrosa no Prêmio Casa de las Américas de 2012, será lançado em espanhol, em fevereiro, na Feira Internacional do Livro de Havana. Outro livro do autor, Che Guevara y el Debate Económico en Cuba, fará o caminho inverso e será lançado primeiro em Cuba.
*
Já publicado na Argentina e nos Estados Unidos, o livro ganhou o Prêmio Ezequiel Martínez Estrada, da Casa de las Américas, no ano passado. O lançamento aqui será em 2017 porque é quando se completam 5o anos da morte de Che.