Cais de Paraty é liberado; manifestantes iniciam caminhada pela cidade
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cais de Paraty é liberado; manifestantes iniciam caminhada pela cidade

Maria Fernanda Rodrigues

06 de julho de 2013 | 13h08

Post atualizado às 15h45 

O protesto promovido por barqueiros no cais de Paraty terminou por volta das 13 horas. Eles já voltaram ao trabalho, mas outros manifestantes, entre os quais estudantes, representantes do Fórum das Comunidades Tradicionais e pessoas que visitam a cidade iniciaram agora há pouco uma caminhada pela cidade.

A primeira parada foi a rodoviária. “Mãos ao alto! A passagem é um assalto”  era o grito dos manifestantes, que já conseguiram, nas últimas semanas, a diminuição da tarifa de ônibus de R$ 3,70 para R$ 3,40. Eles pedem, agora, a ampliação e a renovação da frota, além da mudança nos horários das linhas.

O início da caminhada foi antecedido por uma reunião na Praça da Bandeira. “Sem território não há cultura. Sem cultura não há turismo e nem nada”, disse Laura, do quilombo Campinho da Independência, convidando os participantes para uma roda de jongo. Eles pediam energia para a manifestação que recomeçaria em instantes.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.