Boitempo cria selo infantil e já prepara os primeiros lançamentos do Boitatá
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Boitempo cria selo infantil e já prepara os primeiros lançamentos do Boitatá

E ainda na coluna de 26/9: Pulo do Gato também cria selo (mas para jovens leitores), livro conta a história de 20 guerras, conto de Graciliano Ramos vira livro infantil, etc

Maria Fernanda Rodrigues

25 de setembro de 2015 | 22h49

SELO – 1
Boitempo cria selo Boitatá e vai lançar livros para crianças
BoitempoA grande novidade da Boitempo no seu aniversário de 20 anos é a criação de um selo infantil – o Boitatá – que seguirá a mesma linha crítica da editora – casa de autores como Marx, Engels, Žižek e Lukács. Os primeiros títulos saem ainda este ano. São eles: Como Funciona a Democracia? e O Que É Ditadura? Eles integram a coleção Livros para o Amanhã, lançada pela editora catalã La Gaya Ciencia após a morte do general Franco. Uma equipe multidisciplinar foi escalada para criar esses dois títulos e ainda Há Classes Sociais e Os Homens e As Mulheres. Quase 40 anos depois, a Media Vaca redescobriu os livros, encomendou outras ilustrações e são essas novas edições que a Boitempo terá em seu catálogo.

SELO – 2
Para leitores já leitores

Machado de Assis
Gato Preto é o novo selo da Pulo do Gato – editora que vem construindo, nos últimos quatro anos, um catálogo consistente de obras voltadas à promoção da leitura e formação de leitores. O nome do selo presta homenagem a Edgar Alan Poe e as obras são destinadas a jovens leitores e a adultos, “leitores já leitores”. Está em gráfica Esqueletos, conto de Machado de Assis adaptado para HQ por Diego Molina e ilustrado por Marcio Koprowsky.

HISTÓRIA
Conflitos sangrentos
Chega às livrarias dia 30, pela Contexto, O Século de Sangue (1914-2014): As Vinte Guerras Que Mudaram o Mundo. A organização é dos jornalistas Emmanuel Hecht e Pierre Servent.

ARQUITETURA
Inédito sobre Lina
Com croquis, textos, aquarelas, desenhos feitos à mão, maquetes, imagens da época das construções e fotos atuais, será lançado, em 22/10, pela Edições Sesc e Iphan, Solar do Unhão. Os títulos anteriores sobre as obras de Lina Bo Bardi – Igreja do Espírito Santo do Cerrado, Masp, Sesc Pompeia, Teatro Oficina e Casa de Vidro – ganham edições revistas e ampliadas.

INFANTIL – 1
Graciliano resgatado

Graciliano Ramos
Conto de Graciliano Ramos publicado em Insônia (1947), Luciana ganha ilustrações (acima) de Rosinha e edição da Galera. É a história de uma menina inquieta que cria um personagem para si – dona Henriqueta da Boa-Vista –, mas que ainda não compreende direito o mundo dos adultos. O lançamento será nos próximos dias.

INFANTIL – 2
Best-seller entre pais
A Companhia das Letrinhas lança, em novembro, O Coelhinho Que Queria Dormir, do sueco Carl-Johan. O livro é tido como um método revolucionário para fazer as crianças dormirem – promete fazer com que elas caiam no sono antes mesmo de a história terminar. Silvana Rando fez as ilustrações da edição brasileiras.

SITE
Um conto por semana
A São Paulo Review inaugura, em meados de outubro, a seção Gerúndio a Dois. A cada semana sairá um conto inédito e a regra é interagir com um escritor vivo ou morto. A curadoria é de Sérgio Tavares e a estreia será com Pulando Amarelinha com a Eneida de Virgílio, de Elvira Vigna.