Babel: ‘Viagens Narrativas’ fará série de cursos de imersão sobre escrita
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Babel: ‘Viagens Narrativas’ fará série de cursos de imersão sobre escrita

E mais na coluna de 23/9: Feira do Livro de Frankfurt, a vida de Bettie Page e a busca por outras biografias de mulheres transgressoras, um movimento em defesa da cultura e Martins fora da Bienal

Maria Fernanda Rodrigues

23 de setembro de 2017 | 06h00

PROJETO
‘Viagens Narrativas’ fará série de cursos de imersão sobre escrita

raphael montes

Curso terá Raphael Montes (foto), Santiago Nazarian, Ilana Casoy e Mariana Rolier (Foto: Marisa Cardoso)

Um fim de semana de novembro num sítio perto de São Paulo. 15 escritores – ou aspirantes a escritor – interessados em terror confinados com alguns dos principais autores do gênero: Raphael Montes (foto), Santiago Nazarian e Ilana Casoy. Conversas sobre o tema, dinâmicas e atividades. Este é o programa do Fim de Semana do Terror, que inaugura, nos dias 17, 18 e 19, o projeto Viagens Narrativas. Idealizado por Cassia Carrenho como um curso de imersão, ele propõe uma viagem de um fim de semana com autores e profissionais do livro – neste caso, a editora Mariana Rolier –, que darão uma espécie de coaching e direcionamentos para pessoas interessados na escrita. A cada nova edição, um tema diferente. Os participantes vão produzir um conto que integrará uma coletânea depois do encontro – Nazarian e Montes também vão escrever um texto exclusivo para o livro.

FRANKFURT – 1
Independentes na feira
A Dublinense volta à Feira de Frankfurt (10 a 15/10) e divide o estande com a editora síria Dar Alhiwar e a egípcia Dar Altanweer. Ela vai desde 2012, ora como convidada, ora com estande – em 2013, dividiu o espaço com uma editora peruana e outra croata. E assim, devagarzinho, retomando o contato do ano anterior, vai comprando e vendendo direitos.

FRANKFURT – 2
Para além da livraria
A Bibliomundi, plataforma de autopublicação e distribuição de e-book, também terá estande em Frankfurt – e o sócio Raphael Secchin apresenta a empresa no dia 11, na área dedicada a projetos de inovação.

BIOGRAFIA
Mulheres transgressoras

Bettie Page

Livro resgata a história de vida de Bettie Page (Foto: Editora Noir)

A biografia da mais famosa pin-up girl inaugura a coleção Mulheres Transgressoras da Noir. The Real Bettie Page, de Richard Foster, a primeira tradução da editora, fala dos mais de 14 anos em que ela ficou presa em hospital-prisão psiquiátrico, após tentar matar duas mulheres a facadas, volta à infância e aos abusos sexuais cometidos pelo pai, vai aos tempos de glória da Playboy, aborda a luta para ser estrela de cinema e a acusação, pela comissão do Senado americano, de incitar a pornografia.
*
A propósito: a Noir está em busca de biografias já finalizadas de brasileiras transgressoras.

MERCADO
Fora da Bienal
Depois de uma frustrada Bienal do Rio, onde faturou 40% menos, a Martins Fontes Selo Martins decidiu que não estará na de SP em 2018. Segundo Evandro Martins Fontes, um estande de 80 m² custa o mesmo que um apartamento de um quarto, as feiras se desconfiguraram e os leitores de seus livros (não ficção nas áreas de ciências humanas) querem distância do agito dos youtubers. Diante disso, ele prefere fazer uma boa promoção nas livrarias locais, durante o evento.

POLÍTICA CULTURAL
Literatura e resistência

Ilustração de Rafael Anton para o movimento Resistência Literária

Contra o desmonte da cultura, “articulado de forma colaborativa” há meses, um grupo de escritores e ilustradores lança, dia 30, na livraria NoveSete, o movimento Literatura e Resistência. Haverá debate e a abertura de uma exposição, que vai até fevereiro, com ilustrações feitas para o movimento por Rafa Anton (abaixo), Lucia Hiratsuka, Janaína Tokitaka, André Neves e outros.

Tendências: