Babel: Guia de ativismo ambiental inspirado em Greta Thunberg chega às livrarias em novembro
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Babel: Guia de ativismo ambiental inspirado em Greta Thunberg chega às livrarias em novembro

E mais na coluna Babel: novos títulos de Monteiro Lobato, homenagem para Ana Maria Machado, Bienal do Livro de São Paulo, Eduardo Galeano, Oficina Paratodxs e a o lançamento da graphic novel 'A Mão do Pintor', que tará a argentina María Luque ao Brasil em setembro

Maria Fernanda Rodrigues

31 de agosto de 2019 | 06h00

MEIO AMBIENTE
Guia inspirado em Greta Thunberg chega em novembro

livro Greta Thunberg

A ativista Greta Thunberg (Foto: Andrew Kelly/Reuters)

Lançado em abril na Itália e com mais de 10 mil exemplares vendidos lá em dois meses, Il Mio Nome È Greta chega às livrarias brasileiras em novembro pela VR Editora com o título Somos Todos Greta. Escrito pela jornalista italiana Valentina Giannella, o livro é um guia de ativismo ambiental para jovens leitores inspirado na sueca Greta Thunberg (foto), hoje com 16 anos e que foi indicada para o Prêmio Nobel da Paz. Greta tem sido uma voz atuante e cada vez mais ouvida na questão da conscientização ambiental – seja em suas campanhas nas ruas, mares e rios ou nas redes sociais. No Instagram, a garota tem 2,9 mi de seguidores. No Facebook, 1,1 mi. O livro será publicado no Reino Unido e Estados Unidos em setembro e em vários outros países.

JUVENIL
Lobato e Ana Maria
A FTD Educação manda para as livrarias uma nova leva de obras inspiradas em Monteiro Lobato, como O Menino da Bengala, de Ivan Jaf com ilustrações de Juliana Russo, e do próprio autor – entre elas, A Onça e o Coelho, ilustrado por Odilon Moraes; O Gato Félix, por Veridiana Scarpelli; e Viagem ao Céu, com ilustração de Jan Limpens e orelha do físico Marcelo Gleiser.
*
Outra iniciativa da FTD será um bate-papo entre Ana Maria Machado e Pedro Bial pelos 50 anos de carreira dela no dia 9, assim que acabar a Bienal do Rio, onde ela também é festejada, na Travessa do Shopping Leblon.

MERCADO
Uma nova Bienal
No dia 13, também passada a Bienal do Rio, a Câmara Brasileira do Livro faz o lançamento comercial da 26.ª Bienal de SP, que será entre 30/10 e 8/11 de 2020 – não mais no Anhembi, mas no Expo Center Norte. Num e-mail enviado a editores em meados de agosto, a CBL já pedia a participação de todos e dizia que se prepara para dar uma “repaginada” na Bienal.

MERCADO
Oficina na Balada
Sucesso durante a Flip, a Oficina Paratodxs ganha uma edição em SP entre 6 e 8/9. Abordando todas as etapas da publicação de um livro, ela será realizada na The School Of Life Brazil (Rua Medeiros de Albuquerque, 60) e será ministrada pelos escritores e editores Marcelino Freire, Gustavo Faraon, Simone Paulino e Jorge Ialanji Filholini. Participam, ainda, Patricia Portela, escritora portuguesa; Emerson Alcalde, poeta e criador do Slam da Guilhermina; Jessica Balbino, editora do site Pelas Margens; Pedro Pacífico, do canal Bookster; e o Bloco Gráfico (Gabriela Castro, Paulo Chagas e Gustavo Marchetti).

ANTOLOGIA
A vida segundo Galeano
Está chegando às livrarias, pela L&PM, Amares, coletânea de frases de Eduardo Galeano selecionadas pelo próprio autor.

HQ
María Luque no Brasil

A Mão do Pintor, que María Luque lança pela Lote 42

A argentina María Luque vem a SP em setembro para lançar A Mão do Pintor (Lote 42), uma graphic novel autobiográfica e fantástica. Para salvar o soldado e pintor Cándido López (1840-1902) na Guerra do Paraguai, o tataravô da autora teve de amputar uma de suas mãos. Cándido volta agora para pedir um favor a María.

Quinta, 19
Palestra sobre novelas gráficas na Casa Tombada (Rua Ministro Godói, 109, Perdizes).

Sexta, 20
Oficina de autorretrato na Quanta Academia de Artes (Rua Dr. José de Queirós Aranha, 246, Vila Mariana). Inscrições a R$ 50.

Sábado, 21
Lançamento de A Mão do Pintor na Feira Compasso, no IABsp (Rua Bento Freitas, 306, Vila Buarque), em bate-papo com a tradutora Mariana Sanchez

 

Tendências: