Babel: Grua cria coleção para resgatar livros de mais de uma década
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Babel: Grua cria coleção para resgatar livros de mais de uma década

E mais na Babel: Domenico Startone, Leonardo Tonus, escravidão, anisedade juvenil, guia arquitetônico de São Paulo

Maria Fernanda Rodrigues

12 de outubro de 2019 | 08h00

REEDIÇÃO
Grua cria coleção para resgatar obras de mais de uma década

Isabel Câmara (Foto: Grua)

A Grua apresenta em novembro uma coleção dedicada a resgatar obras de autores brasileiros que, por algum motivo, saíram de catálogo. A ideia é publicar, na Grua Guarda, títulos lançados há pelo menos 10 anos. Os primeiros livros chegam às livrarias no fim do mês com projeto gráfico de Raquel Matsushita e coordenação editorial de Carlos Eduardo Magalhães e Bruno Gambarotto. A estreia será com À Margem da Linha, de Paulo Rodrigues, editado pela Cosac Naify em 2001; As Moças, de Isabel Câmara (1940-2006; foto), que nasceu como peça em 1969 e ganhou edição em 1973 pela Revista de Teatro; e Os Jacarés, do próprio Carlos Eduardo Magalhães, que também saiu pela Cosac em 2001.

POESIA
Inquietações poéticas
Professor da Sorbonne e idealizador da Primavera Literária de Paris, Leonardo Tonus tem uma extensa agenda de lançamento de Inquietações em Tempos de Insônia (Nós), entre o fim de outubro e o início de novembro, em SP, São Bernardo, Rio e Porto Alegre. Trata-se de uma coletânea de poemas (leia ‘Distopias’ abaixo) escritos entre o período pré-eleitoral e os primeiros meses do governo atual que “nasce de uma reflexão pessoal acerca da situação do Brasil e do impacto sobre os diversos corpos que me (nos) definem enquanto sujeito(s) no mundo”, ele explica. O prefácio é de Márcia Tiburi.

Distopias
o lugar possível deixou de existir.
tornou-se nada,
um tristemente nada.
a televisão anuncia os próximos capítulos,
a rua,
seus cacos de vozes.

NÃO FICÇÃO
Escravidão no Brasil
Resultado de uma pesquisa de quase cinco anos de Ana Carolina de Carvalho Viotti em documentos de arquivos históricos no Brasil, Portugal e Inglaterra, Pano, Pau e Pão detalha como os corpos dos escravos eram tratados por seus senhores no Brasil nos séculos 16, 17 e 18. O lançamento é da Editora Unifesp.

FICÇÃO
Segredo incontornável
Domenico Startone terá um novo romance publicado na Itália em novembro e no primeiro semestre de 2020 aqui, pela Todavia. Segredos parte de um jogo inventado por um casal: cada um conta a sua história mais obscura. Isso acaba com o relacionamento e os ecos desses segredos acompanharão os dois para sempre.

PSICOLOGIA
Ansiedade juvenil
Estresse e Ansiedade: Encarando a Epidemia nas Garotas, da Ph.D. em Psicologia Lisa Damour, sai este mês pela Primavera Editorial.

ROMANCE
De casa nova
A Valentina fechou com a best-seller brasileira Nana Pauvolih a publicação de O Dia em Que Você Chegou. Sai no Dia dos Namorados de 2020 e conta a história de jovem portadora de artrite reumatoide avançada que conhece um rapaz esportista.

ARQUITETURA
Conhecer a cidade

(Foto: Nelson Kon)

Sai em breve, pela WMF Martins Fontes e Escola da Cidade, Um Guia de Arquitetura de São Paulo: Doze Percursos e Cento e Vinte e Quatro Projetos. A organização é de Fábio Valentim e a obra abarca parques, escolas, conjuntos habitacionais, casas (na foto, de Vilanova Artigas), etc.

LEITURA
Incentivo à leitura
O Projeto Lendo o Mundo irá distribuir 4 mil livros infantis em outubro e novembro com atividades para as crianças e criação de guia para educadores. Realizada pela FJ Produções, esta é a segunda edição e nasce com a publicação dos títulos Uma Menina, Um Rio e Dois Ursos Diferentes, com textos de Lúcio Goldfarb e ilustrações de Pedro Menezes. As ações acontecerão no interior de São Paulo, na região de Fernandópolis e Catanduva, e os lançamentos estão marcados para o dia 9 de novembro, em São Paulo.

A coluna tira duas semanas de férias. Até a volta!

Tendências: