Babel: Globo lança três livros de Monteiro Lobato antes do domínio público
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Babel: Globo lança três livros de Monteiro Lobato antes do domínio público

E mais na Babel: A Revolução de 32, Palestina nos livros escolares israelenses, Camões, Julia Quinn e FML Pepper

Maria Fernanda Rodrigues

07 Julho 2018 | 06h00

REEDIÇÃO
Globo lança três livros de Monteiro Lobato antes do domínio público

monteiro lobato

Depois de anos de brigas entre os herdeiros de Monteiro Lobato e a editora Brasiliense, que publicava suas obras, a família ganhou e levou, em 2007, 56 títulos do autor para a Globo. Até o dia 31/12, a casa tem exclusividade sobre a obra do criador do Sítio do Picapau Amarelo. Na virada do ano, com Lobato entrando em domínio público, algo muito aguardado pelo mercado editorial, qualquer editora vai poder publicar seus títulos. Para aproveitar os últimos momentos do reinado, a Globo, por meio do selo Biblioteca Azul, manda para as livrarias uma edição de luxo de Viagem ao Céu, publicado em 1932, com ilustrações originais de quatro artistas (acima, de J. U. Campos). Outros dois serão lançados até o fim do ano: A Reforma da Natureza e Urupês.

NÃO FICÇÃO – 1
Livros de guerra
Por falar em 1932, a Panda Books lança, só em dezembro, um livro sobre a Revolução de 1932 – seus 86 anos serão lembrados na segunda-feira, 9.
*
O autor, Ricardo Della Rosa, é publicitário, neto de dois ex-combatentes e um dos maiores colecionares do assunto. A obra traz o histórico do movimento armado, descreve as diferentes frentes de mobilização e mostra seu legado. E traz fotos, documentos, cartazes de propaganda, cartas, mapas e itens inéditos da coleção do autor. A edição será de luxo, para colecionadores, e sairá pelo selo Livros de Guerra.

NÃO FICÇÃO – 2
Israel e Palestina
A Boitempo publica, em setembro, A Palestina Nos Livros Escolares Israelenses: Ideologia e Propaganda na Educação, da israelense Nurit Peled-Elhanan. Professora da Faculdade de Educação da The Hebrew University of Jerusalem, ela perdeu a filha em um atentado terrorista suicida de um palestino e seus filhos, no exército na época, foram pressionados a vingar sua morte.
*
Ela decidiu analisar os elementos ideológicos da representação palestina em livros didáticos israelenses nas áreas de geografia, história e estudos cívicos. Para ela, os conteúdos legitimam a exclusão e a discriminação de palestinos e preparam as crianças para o serviço militar obrigatório.

FICÇÃO – 1
De outros tempos
Uma das principais autoras de romance de época, a americana Julia Quinn lança em agosto, no Brasil, o best-seller Uma Dama Fora dos Padrões. É o primeiro de sua nova série Os Rokesbys, saga que antecede a popular Os Bridgertons. No catálogo da Arqueiro desde 2013, ela já soma 900 mil exemplares vendidos no Brasil – e 10 milhões no mundo.

FICÇÃO – 2
Trilogia + 1
FML Pepper, autora da série Não Pare! (60 mil exemplares e 66 mil e-books vendidos e 3 milhões de leituras no Kindle Unlimited), lança na Bienal Máscaras: Histórias da Trilogia Não Pare!. Pepper foi a primeira brasileira a ter um contrato híbrido: ela autopublica o digital e a Valentina cuida do livro físico.

POESIA
Sonetos escolhidos
A Editora da Unicamp está lançando 20 Sonetos, de Luís de Camões, em edição comentada pela professora Sheila Hue.