Babel: Flora Süssekind prepara livro de ensaios para o ‘Suplemento Pernambuco’
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Babel: Flora Süssekind prepara livro de ensaios para o ‘Suplemento Pernambuco’

E mais na Babel de 9/6: 'Cadernos Filosóficos' de Lenin, romance histórico, romance de época e 'Lulu e o Urso', novo livro infantil de Carolina Moreyra e Odilon Moraes

Maria Fernanda Rodrigues

09 Junho 2018 | 06h00

ENSAIO
Suplemento Pernambuco lança livro de Flora Süssekind

Flora Süssenkind

(Foto: MIT-SP)

Primeiro livro de ensaios de Flora Süssekind em mais de 10 anos, Coros, Contrários, Massa será lançado em outubro pelo selo Suplemento Pernambuco. Segundo a crítica, a obra tem como objetivo pensar o coro e formas diversas de coralidade não enquanto elemento literário/teatral/musical estrito, mas enquanto força estrutural ou interrogadora presente em práticas artísticas e literárias e em intervenções políticas particulares. Uma das seções do livro vai analisar manifestações corais mais recentes, como Babel, de Cildo Meireles, o minilivro Delírio de Damasco e a intervenção textual nas ruas de São Paulo por Veronica Stigger, a pintura de rua de Joana César, o Livro das Postagens, de Carlito Azevedo, o coro anônimo dos ‘cidadãos de bem’ construído por André Sant’Anna em O Brasil É Bom, a mutação das palavras de ordem que orientaram as manifestações pelo assassinato de Marielle Franco no Rio de Janeiro, entre outras.

NÃO FICÇÃO
Cadernos de Lenin
Com o início da Primeira Guerra, em 1914, e a cisão gerada por ela no interior da Segunda Internacional, Lenin trocou o exílio na Polônia pela Suíça. Em Berna, ele leu, fichou e comentou textos filosóficos de diferentes épocas, de Aristóteles a Hegel e Marx, passando por Feuerbach, Plekhánov e outros.
*
A maioria desses ensaios, manuscritos, fragmentos e notas foi publicada em 1929-1930, na União Soviética, e ganha edição da Boitempo. Cadernos Filosóficos chega às livrarias este mês com os textos-base traduzidos do russo pelo coletivo das Edições Avante!, introdução de Henri Lefebvre e Norbert Guterman, de 1935, e posfácio de Michael Löwy.

INTERNACIONAL
Romance histórico
Com seu romance de estreia – que só será publicado em 2020 –, a ex-consultora política Lara Prescott está chamando a atenção do mercado editorial internacional e já ultrapassa US$ 2 milhões de adiantamento de direitos autorais em disputados leilões (a obra ainda não foi vendida para o Brasil). We Were Never Here, sua promessa de best-seller, é baseado na escrita e na publicação do clássico Doutor Jivago, de Boris Pasternak.

FICÇÃO – 1
Clássico francês
Bosque das Ilusões Perdidas, livro de Alain Fournier publicado em 1913, ganha nova edição pela Grua, com tradução e posfácio do Bernardo Ajzenberg.

FICÇÃO – 2
Romance de época
No sábado, 16, a editora Arqueiro promove, em 28 cidades, o 5.º Encontro Nacional de Fãs de Romances de Época. Haverá bate-papo sobre os livros de Julia Quinn, Mary Balogh e Lisa Kleypas e, em alguns locais, são esperados até desfiles de roupas de época.
*
Enquanto isso, Volte Para Mim, mesmo em pré-venda, já está em segundo lugar entre os vendidos do gênero na Amazon. A obra da brasileira Paola Aleksandra se passa entre Inglaterra e Escócia e será lançada dia 20 pela Essência.

INFANTIL
Mundo imaginário

literatura infantil

Autores de Lá e Aqui, sobre separação, Carolina Moreyra e Odilon Moraes se preparam para publicar, em setembro, também pela Pequena Zahar, Lulu e o Urso. Com ilustrações delicadas (acima), a obra fala sobre curiosidade e fantasia. Enquanto a mãe trabalha no computador, Lulu remexe em uma caixa e tira de lá um ursinho de pelúcia, o casaco do avô, um botão, uma flor… E pergunta para a mãe o que significa aquilo tudo. Até aparecer um amigo imaginário.