Babel: Congresso gratuito e online vai debater os desafios da leitura
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Babel: Congresso gratuito e online vai debater os desafios da leitura

E mais na coluna Babel de 17/9: Encontros de Jornalismo Literário, concurso de contos, Amazon amplia Kindle Unlimited, os próximos títulos de Arnon Grunberg, o novo romance de Jacques Fux e o novo terror de Marcos Debrito

Maria Fernanda Rodrigues

17 de setembro de 2016 | 05h00

EVENTO – 1
Congresso gratuito e online vai debater os desafios da leitura

leitura

Foto: Evelson de Freitas/Estadão

Com o tema Por que a leitura de livros é o que mais impacta e transforma a sociedade?, será realizado, de 10 a 16 de outubro, o Conaler – 1.º Congresso Nacional de Leitura #viaweb. A Fundação Observatório do Livro, que organiza o evento gratuito e com transmissão ao vivo e online, prevê uma conferência, três palestras, chats com os participantes e saraus todas as noites. Entre os convidados, o historiador francês Roger Chartier, especialista em leitura, Ignácio de Loyola Brandão, escritor, e Marifé Boix-García, vice-presidente da Feira de Frankfurt. Assuntos diversos estarão em pauta, como preconceito com a literatura de entretenimento, a resistência de professores em aceitar outros tipos de livros na escola e projetos que estão dando certo.

EVENTO – 2
Jornalismo literário
Lira Neto é o convidado da estreia da série Encontros de Jornalismo Literário, no dia 20. O projeto é da São Paulo Review e os encontros, mensais, serão na Livraria Zaccara, em Perdizes. Humberto Werneck, cronista do Caderno 2, é o segundo nome confirmado. Os ingressos custam R$ 50.

DIGITAL
Leitura ilimitada
A Amazon inclui mais 500 títulos no Kindle Unlimited, programa de assinatura de e-books, hoje (17). Destaque para obras das editoras Zahar, Leya e Globo. Custa R$ 19,90 por mês e o usuário pode ler quantos livros quiser.

PRÊMIO
Vale um coaching
A agência Oasys Cultural anuncia segunda, 19, seu primeiro concurso de contos. Serão aceitos textos de até 3 mil caracteres de autores de língua portuguesa. O vencedor vai ganhar um coaching literário de 1h30 com a agente Valéria Martins.

ROMANCE – 1
A loucura dos outros
Meshugá (loucura, em hebraico), novo romance de Jacques Fux, sairá pela José Olympio em novembro. É a história de um judeu que resolve inventariar a vida de judeus célebres, como Woody Allen e Sarah Kofman, e investigar como eles lidaram com mitos, crenças e falácias atribuídas ao seu povo. A esses perfis, o narrador intercala teses científicas utilizadas como argumentos em ações que culminaram no Holocausto.

ROMANCE – 2
A grande aposta
Um dos nomes mais festejados da literatura holandesa contemporânea e o escolhido para abrir a Feira de Frankfurt deste ano, que homenageia seu país, Arnon Grunberg está chegando ao Brasil para o lançamento de O Homem Sem Doença em São Paulo (22 e 24) e Santos (25). Apostando no autor, a Rádio Londres já adquiriu os direitos de outros dois livros de Grunberg: O Refugiado (2003) e Moedervlekken (Marca de Nascença), lançado lá em maio. Este último livro tem como protagonista um psiquiatra cujo trabalho é manter o impulso de morte vivo nos pacientes, e que se vê tendo de cuidar da mãe. Sai no fim de 2017.

TERROR
Um outro folclore
Diretor de Condado Macabro, Marcos Debrito terá seu livro O Escravo de Capela publicado pela Faro Editorial em 2017. Uma adaptação para o cinema também já está prevista. Na obra, ele recria algumas das lendas do folclore brasileiro ao contar uma saga sobre a luta por liberdade em meio a um romance proibido no Brasil do século 18. Mas, distante de tudo o que nos foi ensinado nos livros, a narrativa vira um thriller de ação e a história se transforma numa busca de vingança amedrontadora.

Tendências: