Até junho, oito obras de Monteiro Lobato vão ganhar novo projeto gráfico e ilustrações de Guazzelli
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Até junho, oito obras de Monteiro Lobato vão ganhar novo projeto gráfico e ilustrações de Guazzelli

E mais: o novo concurso da FNLIJ para celebrar o Dia Nacional do Livro Infantil, o resultado da Feira de Bolonha, a estreia da coleção Poesia de Bolso, da Companhia das Letras, etc.

Maria Fernanda Rodrigues

15 Abril 2016 | 22h49

INFANTIL – 1
Edições de Lobato com texto integral e novas ilustrações

monteiro lobato

A três anos de cair em domínio público, a obra de Monteiro Lobato (1882-1948), no catálogo da Globo desde 2007, depois de anos de disputa judicial com a Brasiliense, ganha, mais uma vez, novo projeto gráfico. O primeiro título da nova safra é Reinações de Narizinho, que ficou pronto justamente para celebrar o aniversário do autor, na segunda, 18, quando se comemora também o Dia Nacional do Livro Infantil. Há mais no prelo – e todos os volumes terão texto integral, prefácio de importantes autores e ilustrações de Eloar Guazzelli. Em maio, serão lançados Caçadas de Pedrinho (acima) e O Saci. Para junho, estão previstos A Reforma da Natureza e Memórias da Emília. A Chave do Tamanho sai em julho, quando também serão lançados Pica-pau Amarelo e Viagem ao Céu.

INFANTIL – 2
A leitura como tema

dia do livro

A Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil anuncia na segunda um concurso para professores, bibliotecários e mediadores de leitura com base no cartaz acima, feito por Ziraldo, e no texto de Luciana Sandroni que o acompanha. A ideia é trabalhar o tema com os alunos e os vencedores vão ganhar um acervo de livros. O material foi criado a pedido da International Board on Books for Young People e distribuído para 77 seções da entidade para marcar o Dia Internacional do Livro Infantil (2/4, nascimento de Hans Christian Andersen).

INFANTIL – 3
Boas e más notícias
Realizada de 4 a 7 de abril, a Feira Internacional do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha
superou a expectativa do projeto Brazilian Publishers (CBL e Apex-Brasil). Esperava-se que as 15 editoras brasileiras participantes do estande coletivo vendessem US$ 300 mil em livros físicos e direitos autorais, mas a conta deve fechar – isso porque inclui o que foi negociado lá e o que pode ser concretizado nos próximos 12 meses – em US$ 470 mil.
*
Enquanto isso, muitas editoras ainda esperam o pagamento dos livros comprados pela Fundação Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para bibliotecas escolares.

INFANTIL – 4
Palmas para a palhaça

livro infantil

Claudio Fragata e Alexandre Camanho lançam, dia 7 de maio, no Espaço Parlapatões, pela Sesi SP Editora, Palmas para Picolina. A obra, para crianças a partir dos 10 anos, fala sobre a palhaça Picolina que, prestes a completar 60 anos, tenta entender, com o apoio do gato Risada, por que as pessoas não riem mais das suas palhaçadas. É uma delicada história sobre amizade e diferenças de gerações.

CONTO
Civilização e barbárie
Animalescos, com contos de Gonçalo M. Tavares sobre civilização e brutalidade, sai pela coleção Gira, da Dublinense, no fim do mês. E em junho o autor estará na Feira do Livro de Canoas.

POESIA
Para toda hora
A Companhia das Letras apresenta, em maio, o selo Poesia de Bolso, com obras como A Teus Pés, de Ana Cristina Cesar, Me Segura Qu’eu Vou Dar um Troço, de Waly Salomão, e Caprichos e Relaxos, de Paulo Leminski.
*
E em junho, para a Flip, ela lança, fora da coleção, Crítica e Tradução, de Ana C., com novo prefácio de Alice Sant’Anna.