As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A musa e o musgo

Maria Fernanda Rodrigues

07 de julho de 2013 | 18h41

A iraniana Lila Azam Zanganeh, que falou português e cantou um pouco de Trem das Onze na Flip, deve ser confirmada como a autora mais vendida desta edição – ela está lançando O Encantador – Nabokov e a Felicidade (Alfaguara). No ano passado, o best-seller foi Zuenir Ventura. Considerada a “musa” desta Flip, Lila está de mudança de editora. Seu próximo romance sairá pela Companhia das Letras. 

O pernambucano José Luiz Passos, professor de literatura brasileira na UCLA, em Los Angeles, deve ganhar o troféu simpatia. Na saída da mesa Graciliano Ramos – Política da Escrita, que ele mediou, muita gente pedia para tirar foto com ele ou esticava a mão com a edição de O Sonâmbulo Amador (Alfaguara), lançado recentemente, para um autógrafo. Uma senhora disse: “Você é o muso da Flip”. “Eu não, eu sou o musgo da Flip, fico aí pelos cantos, discreto”, brincou.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.