Santos está com tudo

João Wady Cury

16 de agosto de 2018 | 15h31

O balneário paulista vai respirar teatro nos próximos 40 dias com dois eventos tradicionais. Começa dia 24 com a 60.ª edição do Festa – Festival Santista de Teatro, possivelmente o mais antigo em atividade contínua e que este ano tem como tema Mulheres Em Cena: da luta de Pagú aos dias de hoje. Serão 20 peças de 6 Estados e a abertura terá A Vida em Vermelho – Brecht & Piaf, com Letícia Sabatella e Fernando Alves Pinto. Depois vem o Mirada – Festival Ibero-Americano de Artes Cênicas do Sesc SP, de 5 a 15/9, com mais de 40 espetáculos de 13 países. A Colômbia, homenageada desta edição, abre o evento com Labio de Liebre, da Companhia Teatro Petra. E pela primeira vez a Nicarágua estará no Mirada e de lá vem a peça La Ciudad Vacía, do Teatro Justo Rufino Garay – narra por meio de três gerações a história de Manágua, capital do país. Os hispânicos estão com tudo no festival: haverá ainda a espanhola Compañía De Teatro Markeliñe com Euria (Lluvia), sobre a morte. Com fofura, claro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: